Governador do Espírito Santo participa de visita a fábrica de vacinas contra a Covid-19

Segundo Renato Casagrande, os governadores estão dispostos a adquirir vacinas para acelerar o plano nacional de imunização. Ministério da Saúde afirmou que irá comprar todas as vacinas disponíveis.

Renato Casagrande e governadores de outros sete estados visitaram fábrica de vacinas — Foto: Divulgação/Governo do ES

Renato Casagrande e governadores de outros sete estados visitaram fábrica de vacinas — Foto: Divulgação/Governo do ES

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), participou na manhã desta terça-feira (2) de uma visita à fábrica da União Química, em Brasília. A fabricante é responsável no Brasil pela produção da vacina Sputnik V, da Rússia.

No início de fevereiro, Casagrande colocou o estado à disposição para comprar vacinas contra a Covid-19 e entregar ao Ministério da Saúde. Antes disso, em janeiro, o governador já tinha mostrado interesse em comprar doses da vacina.

Segundo Casagrande, os governadores estão dispostos a adquirir vacinas para acelerar o plano nacional de imunização, porém o Ministério da Saúde afirmou que irá comprar e disponibilizar todas as vacinas disponíveis, incluindo a Sputnik.

“Se for preciso, compraremos. O Ministério da Saúde está dizendo que não será preciso, que comprarão todas as vacinas. Mas, nós governadores, nos colocamos à disposição para comprar e incorporar ao PNI. Importante destacar que o Ministério da Saúde disse que poderão ampliar a entrega e comprar 38 milhões de doses nos próximos três meses com a Sputnik, Covax e Biontec”, ressaltou.

De acordo com o governador, a fábrica tem condições de produzir 10 milhões de doses entre março e abril e oito milhões de doses nos meses seguintes, o que pode ajudar na aceleração do plano nacional.

“A Sputnik V tem capacidade de ofertar 10 milhões de doses nos meses de março e abril. E a partir de abril, o laboratório tem condições de produzir oito milhões de doses por mês. Somadas às vacinas do Butantan e Fiocruz, podemos acelerar o PNI. Esse é o nosso intuito com a visita”, destacou.

Além de Casagrande, a visita teve a presença dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo); Alagoas, Renan Filho (MDB); Tocantins, Mauro Carlesse (DEM); Ceará, Camilo Santana (PT); Pernambuco, Paulo Câmara (PSB); Piauí, Wellington Dias (PT); e Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), e também de representantes do Ministério da Saúde e da embaixada russa.

Após a visita, os governadores seguiram para a residência oficial do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), onde houve uma reunião.

 

Leia mais

Leia também