Governador acompanha início da entrega do Cartão ES Solidário em Viana

Foto: Hélio Filho/Secom

O governador do Estado, Renato Casagrande, acompanhou, na manhã desta terça-feira (27), o início da entrega do Cartão ES Solidário para os moradores de Viana. A cerimônia de entrega simbólica aconteceu no Centro de Múltiplo Uso (CMU), no bairro Marcílio de Noronha. A previsão é de que 431 famílias vianenses sejam contempladas até o término do cronograma de distribuição dos cartões, que deve ir até o dia 27 de maio. Em todo Estado, mais de 85 mil famílias devem receber o auxílio financeiro de R$ 600, divididos em três parcelas. O investimento total é de R$ 52.567.200,00, em recursos oriundos do Tesouro Estadual.

“Estamos entregando o Cartão ES Solidário hoje aqui em Viana. Um investimento que o Governo do Estado faz para diminuir o sofrimento e a vulnerabilidade das pessoas. Temos uma importante parceria com os municípios para fazer o benefício chegar nas mãos de quem mais necessita. Em época de crise, o sofrimento é muito maior e cabe ao poder público chegar e minorar o sofrimento das pessoas. Muito importante que o capixaba continue ajudando a interromper a transmissão do vírus para continuarmos com a redução do número de casos e de óbitos em decorrência da Covid-19”, afirmou Casagrande.

A secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo, também participou da solenidade e vai percorrer outros municípios para acompanhar as entregas. “A parceria com os municípios é fundamental para que as entregas aconteçam com a celeridade necessária. Estamos trabalhando para que tudo transcorra da maneira mais tranquila e eficiente possível. É um grande desafio, mas todos nossos parceiros têm se mostrado à altura. Todos sabemos a importância desse benefício chegar a quem realmente precisa”, declarou.

A previsão é de que sejam entregues 28.692 cartões nos 78 municípios capixabas somente nesta primeira semana de distribuição do Cartão ES Solidário. O cronograma de entrega segue o mês de nascimento do favorecido. O benefício de transferência de renda é destinado às famílias que já estão na base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), caracterizadas pelo recorte de renda de extrema pobreza (renda de até R$ 147 por pessoa) e que incluem crianças de 0 a 6 anos no grupo familiar; ou idosos com mais de 60 anos; ou pessoas com deficiência. Não é permitido o saque do valor do auxílio, mas o cartão pode ser utilizado em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira Banescard.

Uma das contempladas em Viana, Vanessa da Silva, falou sobre a importância do auxílio nesse momento de pandemia. “Não tem sido fácil. Essa pandemia tornou a vida de muitas pessoas mais difícil. Por isso que esse cartão é necessário: comida na mesa é o básico. É uma coisa que não devia faltar a ninguém”, relatou.

Também participaram da solenidade, a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; os secretários de Estado, Gilson Daniel (Governo) e Nara Borgo (Direitos Humanos); o prefeito de Viana, Wanderson Bueno; e o secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Glaydiston Silva Mendes.

Leia mais

Leia também