Gestores municipais participam de seminário na área de captação de recursos federais

 

A Rede de Líderes Públicos, coordenada pelo Tesouro Estadual da Secretaria da Fazenda (Sefaz), em parceria com a Gerência de Desenvolvimento Fazendário (Gedef), realizou uma nova rodada de capacitação presencial para formar lideranças na área de captação de recursos federais. O evento aconteceu entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro. Participaram do encontro 20 servidores públicos de Administrações Municipais da Região Metropolitana e interior do Estado.

Essa é a segunda capacitação presencial que a Sefaz promove, em parceria com a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), com grade curricular abordando legislação da área e o passo a passo, desde a submissão de propostas aos Ministérios até o processo de prestação de contas. A metodologia de ensino segue recomendações do Ministério da Economia, com treinamento em laboratório de informática e simulação de situações práticas do dia a dia de quem trabalha com convênios federais.

“Atuo com o planejamento urbano da cidade e esse tipo de capacitação ajuda muito, porque mostra possibilidades para acessar recursos de Ministérios, como também favorece no aprimoramento do processo de prestação de contas, garantindo maior transparência na aplicação de recursos da sociedade”, comenta a gerente de Projetos Urbanísticos de Vitória, Caroline Machado.

“A intenção desses encontros presenciais é fortalecer a rede de relacionamento de servidores municipais e estaduais, criando estímulos para a cooperação e para a troca de conhecimentos, com o intuito de ampliar fontes de financiamento para políticas públicas locais”, esclarece o consultor do Tesouro Estadual e coordenador do Projeto, Eduardo Araujo.

Saiba mais                                      

A Rede de Líderes é uma iniciativa do Tesouro Estadual, que reúne servidores de órgãos públicos estaduais e municipais para atuar com captação de recursos federais. A Rede conta com 179 membros, com representantes de todos os municípios capixabas. Além disso, o projeto disponibiliza conteúdo educativo gratuito no YouTube, que já conta com mais de 22 mil visualizações e participação de quatro mil servidores de todo o País. A iniciativa foi considerada como um exemplo de boa prática pelo Ministério da Economia.