Gestores discutem visão, missão e valores do Governo do Estado

Gestores do Governo do Estado participaram, nesta quarta-feira (02), do segundo dia de atividades para a revisão do Planejamento Estratégico 2020-2022. Sob coordenação da Secretaria de Economia e Planejamento (SEP), a equipe formada por secretários de Estado, subsecretários e dirigentes de órgãos discutiu a atualização da visão, missão e valores da gestão. Também será feita uma análise de ambiente com a identificação de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da gestão. Os trabalhos estão sendo desenvolvidos por meio de reuniões virtuais.

Já na próxima semana, a previsão é de que os gestores do Governo do Estado realizem a análise dos desafios estratégicos; a revisão e validação de indicadores estratégicos e metas; bem como a validação da seleção dos projetos estratégicos. A apresentação dos resultados será realizada no próximo dia 24 de setembro.

A revisão do Planejamento Estratégico do Governo do Estado teve início na última segunda-feira (31). Na ocasião, o governador Renato Casagrande destacou que o planejamento “é fundamental justamente para priorizarmos o que é mais importante neste momento, para os capixabas”. Durante sete dias, a alta gestão participará, de forma virtual, de encontros técnicos para ajustes da estratégia e da carteira de projetos prioritários, com a devida adequação ao cenário econômico, em âmbito estadual e nacional.

Durante a reunião com a alta gestão, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, lembrou que “toda crise traz uma oportunidade e que o momento vivido ilustra muito bem essa tese”, dando uma dimensão muito maior aos trabalhos do que a que havia sido prevista no início deste ano.  O trabalho seria realizado no mês de março, porém, o processo foi interrompido devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Duboc destacou ainda o investimento robusto feito pelo Governo do Estado na estrutura da saúde pública capixaba, lembrando que essa estrutura, implantada em meio à uma enorme crise, ficará como legado para a população capixaba. “Esse é um exemplo dos desafios que a pandemia trouxe para as gestões estaduais”, afirmou.

Em relação aos objetivos do dia, o secretário de Economia e Planejamento comentou que o trabalho de revisitar o tripé “visão, missão e valores” é fundamental para reavaliar desafios, redefinir prioridade e alinhar as estratégias da gestão, favorecendo assim as entregas. “Estamos chegando à metade da atual administração e, nesse percurso, foi possível a cada gestor se apropriar de uma visão melhor sobre os desafios a serem superados em cada área e das oportunidades, para que possamos melhorar a qualidade de vida da população capixaba e reduzir as desigualdades”, pontuou.

 Áreas estratégicas

Com a equipe da Subsecretaria de Planejamento e Projetos, liderada pela subsecretária Joseane Zoghbi, os gestores realizam um balanço dos resultados obtidos desde o início da gestão, além de revisar e validar as entregas prioritárias com o alinhamento das nove áreas estratégicas da gestão: Agricultura e Meio Ambiente, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Educação para o Futuro, Infraestrutura para Crescer, Saúde Integral, Segurança em Defesa da Vida e Gestão Pública Inovadora.

 

O Governo do Estado trabalha com um modelo gestão que busca gerar entregas relevantes para os capixabas, trabalhando com eficiência, segundo destaca o secretário Álvaro Duboc. Esse modelo possui três carteiras, com coordenação direta do próprio governador. 

 

Leia mais

Leia também