Gás de cozinha ficará mais caro no ES, é o nono reajuste em 2020

 

A Petrobras anunciou, nesta quarta-feira (4), um novo reajuste de 5% no preço de venda do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) — mais conhecido como gás de cozinha — às distribuidoras. Com isso, o aumento será repassado ao consumidor final, que poderá ter de desembolsar até R$ 80 para adquirir um botijão na Grande Vitória a partir desta quinta-feira (5).

O vice-presidente do Sindicato das Revendedoras de Gás do Espírito Santo (Sinregás), Cleber dos Santos Almeida, explicou que os preços dos botijões variam conforme a marca e a forma como o consumidor adquire o produto.

Segundo ele, caso vá diretamente à revendedora para comprar o gás, o consumidor deverá desembolsar, em média, R$ 68,75 no botijão. No entanto, se ele preferir que o produto seja entregue em sua residência, esse valor deve subir para R$ 75,80, podendo chegar a R$ 80, dependendo do endereço de entrega. “Esse valor varia também conforme a localização onde o produto será entregue, por causa do frete”, explicou.

O vice-presidente do Sinregás ressaltou ainda que este já o nono reajuste anunciado pela Petrobras, somente neste ano, e que há uma previsão para que um novo aumento ocorra no mês que vem. “A Petrobras alegou que o reajuste é consequência da alta do dólar. Então se o dólar continuar aumentando, a tendência é que ocorra um novo reajuste em dezembro”, ressaltou Almeida.

Já o secretário-geral do Sinregás, João Gabriel Coitinho Maciel, que possui duas revendedoras no Espírito Santo, frisou que o reajuste anterior anunciado pela Petrobras ao gás de cozinha, também de 5%, ocorreu no final do mês passado. Com isso, o preço do produto para as revendedoras chegou a aumentar R$ 3,50. Nesse último reajuste, o aumento foi de R$ 1,54.

“Foram dois aumentos. Um na semana passada e, agora, um outro reajuste, totalizando 10% em menos de dez dias. Mal começamos a repassar um aumento e o outro já começou”, lamentou.

 

Leia mais

A cada 3 projetos de saneamento básico contratados no país 2 estão paralisados, revela estudo

Estudo da consultoria Radar PPP mostra que dois em cada três projetos no setor de saneamento básico no país, anunciados nos últimos anos, estão...

Humilhado e traído na política, Denilson mantém candidatura independente e pode surpreender

O vice-prefeito de Barra de São Francisco, Denilson Ferreira, se mantém firme na disputa pela prefeitura da cidade e pode ser uma grande surpresa. Humilhado...

Brasil registra mais 40 mil novos casos confirmados de Covid-19

O boletim epidemiológico atualizado do Ministério da Saúde sobre a Covid-19, divulgado na noite desta terça-feira (28), aponta que o Brasil registrou mais 40.816...

Claudinei é assassinado com vários tiros no bairro Aeroporto ll em Nova Venécia

Claudinei Um jovem foi assassinado a tiros na noite...

Leia também

Mais de 4 mil municípios recebem R$ 1,5 bilhão para investir na cultura

Até junho de 2019, 75% dos municípios, ou 4775 cidades brasileiras, completaram 12 anos sem recursos do Governo Federal para políticas públicas na área...

Oito equipes vencem o Inova Senai 2020

Com propostas de soluções para demandas reais da sociedade e da indústria brasileira, estudantes do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) desenvolvem projetos inovadores ao...

Plano Novo Normal Paraíba mostra aumento de transmissão da Covid-19 no estado

A 13ª avaliação do Plano Novo Normal Paraíba revela que houve aumento na taxa de transmissão da Covid-19 nos últimos 15 dias. A avaliação...

Número de empregados na agricultura fica normalizado

Após o primeiro impacto causado na economia e no mercado de trabalho devido à pandemia do novo coronavírus, o número de empregado no setor...