Galeria de fotos: relembre alguns momentos de Edinho Pereira

O ex-prefeito de Barra de São Francisco e ex-deputado estadual, Edson Henrique Pereira (Edinho Pereira), 68 anos, faleceu na manhã desta terça-feira, 27 de abril de 2021, no hospital Meridional, em Cariacica. Veja mais detalhes aqui

De acordo com informações, Edinho teve uma parada cardiorrespiratória por voltas das 11h. Edinho completaria 69 anos no próximo dia 02 de junho.

Ele foi casado com Solange Sordine, com quem teve dois filhos, Luciano Pereira e Leonardo Pereira. Atualmente era casado com Renata Sena.

Conhecido na cidade e região como Edinho Bigodão, ele sempre teve o carinho dos mais humildes. Se transformou em um ícone da política regional e estadual.

Famoso por ter boa relação com todos, foi considerado o político mais popular da cidade.

Edinho foi eleito prefeito de Barra de São Francisco pela primeira vez em 1982, aos 30 anos de idade, ficando na prefeitura até 1988.

Ele foi eleito deputado estadual em 1990, ele cumpriu o mandato de 1991 a 1994.

Em 1998 foi candidato a deputado estadual, ficando como suplente.

Foi eleito prefeito de Barra de São Francisco novamente em 2000. Cumpriu seu mandato até 2004, quando foi reeleito.

Em 2006, no meio do mandato, Edinho teve os direitos políticos cassados. O segundo colocado nas eleições de 2004, Waldeles Cavalcante, assumiu em seu lugar.

Nesse mesmo ano elegeu seu filho, Luciano Pereira, para deputado estadual. Ele foi reeleito em 2010.

Em 2012 Edinho ajudou eleger Luciano prefeito de Barra de São Francisco.

Edinho foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2014, mas não se elegeu.

O prefeito Enivaldo dos Anjos decretou luto de três dias em Barra de São Francisco pela morte de Edinho. Veja aqui

Confira abaixo uma galeria de fotos de alguns momentos de Edinho Pereira.

Clique na foto para ampliar

Jader Pereira: MÚSICA E ALEGRIA À SOMBRA DAS PEROBAS

 

Inaugurado em 1958 Clube das Perobas ainda é principal sede cultural do município

Ex-prefeito Edinho Pereira morre após ter parada cardiorrespiratória

Enivaldo dos Anjos decreta luto de 3 dias pela morte de Edinho Pereira