Funai adere ao programa Brasil MAIS

A Fundação Nacional do Índio (Funai) aderiu ao programa Brasil MAIS (Meio Ambiente Integrado e Seguro), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), que disponibiliza uma plataforma de geotecnologias, inclusive imagens de satélite diárias de alta resolução. No âmbito da Funai, o programa auxiliará no combate a ilícitos ambientais e a incêndios florestais, entre outras atividades relacionadas à proteção de Terras Indígenas.

“O Programa Brasil MAIS permitirá o compartilhamento de tecnologias e dados atualizados, possibilitando, assim, maior extração de informações geoespaciais em Terras Indígenas, subsídios indispensáveis não só ao planejamento de ações de proteção territorial, mas ao trabalho indigenista como um todo”, destacou o coordenador de Informação Territorial, da Funai, Greison Moreira.

Segundo o coordenador, a plataforma, que já está disponível aos servidores da Funai que atuam no monitoramento territorial, vem somar com o trabalho promovido pelo Centro de Monitoramento Remoto (CMR) da fundação.

O CMR foi desenvolvido para possibilitar o acompanhamento diário de ocorrências como desmatamento, degradação e mudança de uso e de ocupação do solo nas Terras Indígenas. As informações de alta precisão e complexidade geradas a partir de imagens captadas pelo satélite Landsat-8 subsidiam o planejamento de ações de proteção territorial da fundação, além de oferecer um banco de dados diversificado à população brasileira.

Já a plataforma Brasil MAIS permite a visualização de imagens diárias e mosaicos mensais de todo o Brasil, fornecidos por mais de 130 satélites, para usuários das instituições habilitadas.

Com informações da Funai

 


Leia mais

Leia também