Frentista agredido por PM no Espírito Santo espera por desfecho do caso: ‘O que ele fez foi muito grave’

Agressão aconteceu em janeiro deste ano e, desde então, militar obteve sucessivas licenças médicas. O Processo Administrativo na Corregedoria da PM ainda está em andamento.

Por Naiara Arpini, G1 ES

O frentista Joelcio Rodrigues dos Santos, de 39 anos, que foi agredido por um policial militar no posto de combustíveis em que trabalhava, em Vila Velha, no Espírito Santo, lamentou a demora no desfecho do caso. Desde janeiro, quando a agressão aconteceu, o sargento da Polícia Militar Clemilson Silva de Freitas está afastado das funções após tirar sucessivas licenças médicas. Além disso, o Processo Administrativo Disciplinar (PAD) na Corregedoria da PM ainda está em andamento.

“É complicado, porque esse acontecido foi em janeiro, a gente já está em outubro e até agora não tem um desfecho dessa situação. Ele está recebendo o salário dele normalmente, a vida dele continua a mesma”, disse Joelcio.

Enquanto isso, o frentista precisou ser transferido e passou a trabalhar em outra unidade da rede de postos de combustíveis, por segurança.

Além da mudança do local de trabalho, Joelcio também passou a viver com medo. Segundo o frentista, no episódio da agressão, ele foi ameaçado pelo policial.

“Antes de acontecer isso, eu não andava com medo, eu podia ir para qualquer lugar, tinha direito de ir e vir sem me preocupar. Hoje em dia, fico mais preocupado, mais atento. Um rapaz desse é totalmente desequilibrado. Eu não posso estar em qualquer lugar, minha esposa fica assustada”, disse.

De acordo com a Polícia Militar, o sargento está respondendo a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) de rito sumário, que está em andamento na Corregedoria.

Além da investigação em âmbito administrativo, o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES) também aceitou a denúncia que foi feita pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES), mas a primeira audiência do caso ainda vai acontecer no dia 24 de novembro.

“Eu espero que tenha algum desfecho logo e que ele seja punido pelo que ele cometeu. O que ele fez é muito grave. Se não tiver uma punição, ele pode fazer uma coisa pior”, disse Joelcio.

A agressão aconteceu no dia 23 de janeiro e foi gravada por uma câmera de videomonitoramento do posto.

As imagens mostram o momento em que o sargento, que estava fardado, dá um tapa no rosto do frentista e, em seguida, aponta a arma para ele.

Sargento Clemilson Silva de Freitas agrediu o frentista Joelcio Rodrigues em um posto de gasolina em Guarapari, em janeiro deste ano.

De acordo com o funcionário, o militar esteve no posto de gasolina no dia anterior e não gostou quando o frentista pediu para que ele descesse da moto para abastecer, um procedimento padrão no posto de gasolina.

Para denunciar o caso à Corregedoria da Polícia Militar, Joelcio relatou ter enfrentado dificuldades.

Desde o episódio da agressão, Clemilson obteve quatro licenças médicas e se manteve afastado da função recebendo o salário, conforme prevê a lei.

A primeira teve início no dia 28 de janeiro, cinco dias após a agressão ao frentista, e durou 148 dias. Já a segunda vigorou entre 24 de junho e 25 de agosto. Na sequência, ele obteve uma terceira licença, que terminou nesta terça-feira (27). No mesmo dia, ele passou por avaliação médica, e obteve a manutenção do afastamento por mais 60 dias.

Leia mais

Produção industrial volta crescer em boa parte do País

Levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que em setembro, a produção industrial de 11 dos 15 locais pesquisados teve...

Rodada Virtual de Negócios é oportunidade para indústrias de alimentação, bebidas e confecção da região Nordeste

A Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP) vai promover uma Rodada Virtual de Negócios, com foco nos setores de Alimentos & Bebidas,...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Norte do país tem tempo quente e seco, neste domingo (2)

O tempo quente e seco permanece sobre a maior parte da região Norte do país, neste domingo (2), especialmente no interior. A chuva continua...

Covid-19: prefeitura publica nota de pesar pela morte da servidora Edneia Maria de Melo

Com pesar, a Prefeitura de Barra de São Francisco, representada na pessoa do prefeito Alencar Marim, informa e lamenta profundamente o falecimento da servidora...

Leia também

Sortudo! Apostador capixaba leva prêmio de R$ 1,6 milhão na Lotofácil

O fim de semana começou muito mais feliz...

Mantenópolis volta para o vermelho no Mapa de Risco para a Covid-19

O Governo do Espírito Santo anunciou nesta sexta-feira (4) o 34º mapa de risco da Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (7)...

Jovem de Nova Venécia que venceu cinco cânceres morre aos 22 anos

A jovem digital influencer veneciana, Anna Luiza Nicolau Evangelista, de 22 anos, morreu na manhã deste sábado (05), no Hospital Meridional, em São Mateus. Segundo Ancilia Nicolau,...

Alerta de tempestade, chuva forte e granizo para 18 cidades do ES

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) estendeu...