Frente parlamentar formada pelo deputado Mazinho Anjos lota dependências da Câmara Municipal de Ecoporanga

Compartilhe

Com o tema “Polo de Irrigação do Norte e Noroeste do ES: as oportunidades para a agropecuária”, o deputado estadual Mazinho dos Anjos (PSDB), esteve na noite desta quinta-feira (29), onde se reuniu com vários segmentos sociais e lideranças políticas na Câmara Municipal de Ecoporanga. O plenário da Câmara ficou lotado e o parlamentar Mazinho ficou muito feliz com a presença de todos, assim como José Luiz Mendes, que é muito querido no município. Seis vereadores de Ecoporanga tiveram participação importante nesse encontro, assim como dois de Barra de São Francisco e três de Águia Branca.

O encontro contou com a presença dos vereadores Nem Garí, Eduardo Muqui, Nelio Quedevez, João Batista, Fabinho da Águia Branca e Pega da Muritiba todos de Ecoporanga, além de Enéia Argolo (Presidente da Pestaloze). Carleandro (Presidente da CDL). Gumercino (PRESIDENTE DO SINDICATO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS).

ZE LUIZ MENDES (líder político). EX VEREADOR IZAIAS RAMOS. Vereadores ADEMAR ALEMAO E EMERSON LIMA (Barra de São Francisco). EX-PREDEITO IRINEU WUTKE (Vila PAVAO). Leonardo Amorim (Delegado). Aparecida Casaunse, Geovane Ronconi e Walace de Souza (Vereadores de Águia Branca. Lembrando que o município de Ecoporanga tem o maior rebanho bovino no Estado.

“Estamos aqui hoje para ouvir as demandas da comunidade para levarmos ao conhecimento do governador e reivindicar aos órgãos competentes das necessidades da população”, disse Mazinho dos Anjos. Algumas pessoas tiveram a oportunidade de se manifestar e relatar As reais necessidades para o município de Ecoporanga. O deputado Mazinho dos Anjos ainda fez uma prestação de contas das ações do governo do Estado destinadas para município.

Entre as reivindicações estão a possível melhorias nas redes de energia elétrica com mais capacidade para atender os produtores rurais, construção de barragens, melhorias nas estradas, bem como uma atenção maior para com o hospital da cidade que necessita de recursos para mantê-lo em funcionamento, uma vez que hoje os pacientes na maioria das vezes são encaminhados para o hospital de Barra de São Francisco, a 65 quilômetros de distância. Vários advogados estiveram presentes e pediram apoio ao deputado Mazinho para que seja aprovado pelo conselho da OAB, a sede própria da seccional com sede em Ecoporanga, que conta com 56 advogados.

Outra questão discutida na reunião que foi muito produtiva foi em relação a diversificação agrícola, como, um incentivo a mais para o plantio de café, pimenta do reino, entre outras, uma vez que a economia do município gira mais em torno da pequearia em Ecoporanga. Com o fechamento de alguns laticínios em Ecoporanga, houve, inclusive queda na área de emprego e toda a produção do leite são destinados para outras cidades, inclusive Minas Gerais.

As lideranças empresariais e políticas de Ecoporanga puderam discutir como os criadores de gado de corte podem otimizar seus negócio aproveitando as oportunidades que chegarão com o Polo de Agricultura Irrigada, que está em processo de criação pelo Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional, iniciada pelo deputado Mazinho dos Anjos, que teve 65% de seus votos na região.

“A irrigação é uma prática comum na pecuária e tem potencial de melhorar significativamente a produtividade do rebanho, permitindo criar pastos mais saudáveis. Com pastos mais saudáveis, os animais produzem maior quantidade de leite, carne, couro e outros derivados”, disse o parlamentar.

Ecoporanga tem 10 cabeças de gado por habitante, perdendo apenas para Mucurici, que tem 15 bois para cada habitante. Em números absolutos, porém, Ecoporanga, que possui uma das maiores áreas territoriais do Estado, tem 234 mil cabeças em seu território de 2.285 km quadrados.

Montanha é o segundo com 95 mil cabeças em 1.068km quadrados e Mucurici tem 86 mil em 537 km quadrados. O rebanho bovino do Espírito Santo é de 2.231.036 cabeças e no Brasil são 224 milhões de cabeças de gado. A média de ocupação do país é de 1 boi por hectare, mas os especialistas apontam que há um potencial de crescimento com técnicas de manejo e novas tecnologias, especialmente a irrigação. No Nordeste, há experiências de 10 cabeças por hectare.

O Brasil é o maior produtor de proteína animal do mundo e a maior contribuição é da carne bovina. Hoje, o País produz 400kg por hectare, uma grande melhoria em relação aos 220kg por hectare de meados da década passada, graças à adoção de novas tecnologias. A reunião de Ecoporanga é a quinta da Frente Parlamentar presidida por Mazinho dos Anjos, que antes reuniu-se em Vitória, para instalação, em Barra de São Francisco, em Água Doce do Norte e em Montanha.

 

Leia também

Estados, municípios e DF têm até sexta-feira (8) para manifestar interesse em retomar obras paralisadas e inacabadas

O prazo para aderir ao Pacto Nacional pela Retomada de Obras da Educação Básica e Profissionalizante termina nesta...

Covid-19: Ministério da Saúde alerta sobre novas variantes

A emergência para Covid-19 foi retirada, mas isso não é motivo para descuidar. Foram identificadas duas novas cepas...

Dezembro começa com mais de 4,3 mil vagas de emprego no Espírito Santo

  1 de 1 Sine tem vaga para mecânico — Foto: Divulgação Sine tem vaga para mecânico — Foto: Divulgação O último...

Secretaria de Saúde entrega mais de 4 mil kits de higiene bucal nas escolas municipais de Barra de São Francisco

A Secretaria Municipal de Saúde de Barra de São Francisco (Semus) está distribuindo 4.043 kits de higiene bucal...