França mobiliza 90 mil policiais para garantir lockdown em meio à piora da pandemia


Sputini – De acordo com o publicado pela emissora francesa BFMTV, as medidas de controle no país foram reforçados desde a sexta-feira (26) em estações de trem, aeroportos e pedágios. Todas as viagens que excedam dez quilômetros de distância foram proibidas. Além disso, lojas e escolas foram fechadas nas 19 regiões mais afetadas pela pandemia na França.

Enquanto isso, o país vive “uma fase exponencial” de contágio, disse o chefe do setor de terapia intensiva do hospital Cochin, em Paris, Jean-Paul Mira, à emissora.

“Em quatro a seis semanas, estaremos sobrecarregados”, disse Mira, conforme citada pela BFMTV, alertando para o risco de colapso no hospital.

De acordo com a autoridade de saúde francesa, o número de casos em todo o país aumentou 17% na quinta-feira (25), com quase 30 mil novos casos em média a cada dia.

A França é um dos países mais impactados pela pandemia da COVID-19, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. Desde a chegada do vírus ao país, mais de 4,5 milhões de casos da doença foram confirmados, além de quase 94 mil mortes.

Conforme levantamento do site Our World in Data, a vacinação contra o novo coronavírus na França chegou a cerca de 9,8 milhões de franceses com pelo menos a primeira dose de um imunizante contra a COVID-19.

(Foto: Sputnik)

Leia mais

Leia também