Força Nacional do SUS capacita profissionais do Espírito Santo para resposta a incidentes com múltiplas vítimas • SiteBarra

Força Nacional do SUS capacita profissionais do Espírito Santo para resposta a incidentes com múltiplas vítimas

Garantir que os profissionais estejam preparados para eventuais desastres que afetam a sociedade é missão do Governo do Espírito Santo. Diante disso, entre os dias 09 e 11 de novembro a Força Nacional do Sistema Único de Saúde, Ministério da Saúde, juntamente com a Secretaria da Saúde (Sesa) e agências de resposta a eventos com múltiplas vítimas, vai capacitar cerca de 230 profissionais que atuam no Estado e nos municípios no tema “Resposta a Incidentes com Múltiplas Vítimas (IMV)”.

O curso contará com simulados teórico e prático, proporcionando debates e reflexões críticas para exercícios de cena de situações prováveis tanto do cotidiano quanto para atendimentos de possíveis tragédias em curso. A abertura do evento e o primeiro módulo será realizado no Centro de Convenções de Vitória.

A capacitação será ministrada por instrutores especialistas da Força Nacional do SUS com participação do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Sesa, sendo destinada para médicos, enfermeiros, socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), bombeiros, funcionários da Defesa Civil, trabalhadores de órgãos de trânsito, segurança e gestores dos órgãos envolvidos.

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, explica a importância da capacitação no Espírito Santo e como essa oportunidade auxiliará para que os resgates sejam realizados com êxito e presando pela vida do cidadão.

“O objetivo é capacitar todos os profissionais que estão na linha de frente, e acreditamos que os participantes desse evento serão multiplicadores dos conhecimentos adquiridos. Essa atitude demonstra o quanto o Governo do Estado se preocupa em qualificar seus profissionais de diversas instituições e municípios, garantindo condições para que o trabalho em momentos que exijam esforços em conjunto e coordenados sejam realizados com maior êxito possível. Destaco que esse é um momento muito importante para nós, em que fortalecemos a rede de urgência e emergência”, relatou o subsecretário.

No encerramento da capacitação será entregue o certificado para os participantes que completarem 100% da carga horária do curso. Para a realização do evento, a Sesa contou com a parcerias de diversos órgãos do Estado. São eles: Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES); Guarda Municipal de Vitória de Vila Velha; Polícia Militar do Espírito Santo (PMES); Polícia Civil do Espírito Santo (PCES); Defesa Civil; Polícia Rodoviária Federal; Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES); e Aeroporto de Vitória.

Módulo de prática

Durante o módulo de prática do curso será demonstrado, por meio de simulações, atendimento integrado de um incidente de grande proporção que envolverá múltiplas vítimas representadas por voluntários de Instituições de Ensino Superior do Estado.

No momento do simulado de cena e mesa, os integrantes do curso terão a oportunidade de exercitar o planejamento conjunto em situações que empreguem resposta coordenada. Além disso, os voluntários serão conduzidos ao atendimento em hospitais de referência da rede própria.

Programação:

Dia 09/11 (terça-feira)

8h30 – Abertura Oficial
9h – Início das Atividades
10h – 12h – Conceitos e Premissas no Atendimento a Múltiplas Vítimas

  1. Resposta Integrada

1.1 Importância

1.2 Centro Integrado de Comando e Centro Operacional de Saúde

1.3 Comando da Resposta em Emergência e Desastres

  • Sistemas: Comando e Controle – SCI e SCO
  • Organização e Comando de Cena
  • Gestão da área/cena e setorização (área de salvamento, área de socorro, área de transferência, pontos de apoio aéreo ou outros)
  • Resposta Integrada na Cena
  • Comunicação na Cena

12h – 12h30 – Debate
13h às 14h – Intervalo
14h às 18h – Conceitos e Premissas no Atendimento a Múltiplas Vítimas Setor Saúde
– Avaliação da cena e da magnitude do IMV – Atendimento às Vítimas e Transporte – Triagem START – Rede de atenção à saúde, portas de entrada, componentes e articulação dos pontos de atenção.
– Abordagem de diferentes cenários: vítimas encarceradas, vítimas de explosão e incêndio, vítimas de esmagamento, vítimas de catástrofes e desastres com traumas graves.
– Preparação e qualificação para resposta: capacitações e qualificações da equipe, infraestrutura, EPI, logística de atendimento.
– Articulação da rede assistencial e Regulação em IMV.
– Planos Hospitalares.

Dia 10/11 (quarta-feira)

8h30 às 12h30 – Mesa de apresentação e debate
Tema: A experiência na resposta à Covid-19 – lições apreendidas e boas práticas
Breves relatos: Relato do Estado do Espírito Santo e de representantes de outros estados – setor saúde
12h30 às 14h – Intervalo para o Almoço
14h às 18h – Exercícios Práticos – Simulados de Mesa

Dia 11/11 (quinta-feira)

8h às 11h – Exercício Prático – Simulado de Cena
12h – Debriefing do exercício e encerramento
13h – Encerramento