Força Nacional acompanha trabalho do Incra em assentamentos na Bahia

Força Nacional acompanha trabalho do Incra em assentamentos na Bahia

Foram destacados cerca de 100 agentes da Força Nacional Foto: Ministério da Justiça

O Ministério da Justiça autorizou o envio de agentes da Força Nacional para acompanhar os trabalhos dos servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no processo de titulação nos projetos de assentamentos da Reforma Agrária localizados nos municípios de Mucuri e Prado, no extremo Sul da Bahia.

A decisão foi tomada após o ataque ocorrido no assentamento Jacy Rocha, em Prado, na madrugada da última sexta-feira (28), que resultou em oito pessoas feridas, casas destruídas e mais dois lotes, um trator e uma moto incendiados. O caso está sob investigação da Polícia Federal.

A presença dos agentes foi autorizada pelo ministério e publicada no Diário Oficial da União dessa quarta-feira (2) para impedir que novos ataques aconteçam, garantindo o bom andamento da operação. Foram destacados cerca de 100 agentes de segurança.

A meta do Governo Federal é garantir aos assentados a titulação da terra onde vivem e produzem sem prejuízo no acesso às ações e benefícios específicos da reforma agrária. Com a posse definitiva do lote, os beneficiários terão direito a acessar todas as políticas públicas destinadas aos pequenos produtores rurais.

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento


Leia mais

Leia também