FNDE transfere R$ 366 mi de parcela extra para alimentação escolar em estados e municípios

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu R$ 366,3 milhões para alimentação de alunos matriculados na rede pública de ensino. Do montante, R$ 114,9 milhões são para os Estados, enquanto R$ 251,3 milhões são para os municípios. 

Os recursos são referentes a mais uma parcela extra do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, e estão disponíveis nas contas dos entes federativos nesta segunda-feira (1º). O FNDE já havia transferido R$ 394 milhões da primeira parcela extra acordada junto ao Ministério da Educação (MEC). 

FNDE fará repasses extras para Programa Nacional de Alimentação Escolar

MEC prorroga prazo para que prefeituras manifestem interesse em aderir no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim)

Os recursos adicionais têm o objetivo de auxiliar estados e municípios a garantir a segurança alimentar e nutricional dos estudantes em meio à pandemia da Covid-19. Todos os anos, o programa repassa dinheiro em dez parcelas, de fevereiro a novembro. 

Devido à situação de exceção, duas parcelas extras foram transferidas em dezembro e, agora, em janeiro. 

Agência Brasil

Leia mais

Leia também