Fisiculturista confessa ter matado os pais após briga por cachorro


Um fisiculturista foi preso em janeiro após confessar ter matado os pais em Bolzano, na Itália. De acordo com Benno Neumair, o crime foi cometido após o pai dele pedir para que o filho se levantasse da cama e levasse o cachorro para passear. As informações são do jornal Daily Star. A reportagem é do portal Época. 

Aos policiais, Benno afirmou que discutiu com o pai Peter Neumair, de 68 anos, e, durante a briga, foi acusado de “ser um fracasso” e de não ajudar nas tarefas domésticas. Na sequência, o filho teria pegado uma corda de escalada e estrangulou Peter para “calá-lo”.

“Só me lembro que apertei com muita força”, contou Brenno. Ainda conforme o fisiculturista, pouco tempo depois, a mãe dele, Laura Perselli, de 63 anos, voltou para casa e também foi estrangulada pelo filho. “Fiz sem nem me despedir”, afirmou.

(Foto: Reprodução)

Leia mais

Leia também