Fiscalização reforçada nas rodovias durante o feriadão

As rodovias federais em todo o Brasil recebem uma maior quantidade de carros durante os feriadões e neste não será diferente. Para garantir maior fluidez e segurança nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou, na última sexta-feira (3), a Operação Independência, um reforço de policiamento em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.
 
Neste ano, a PRF vai dar atenção especial às ações de combate a embriaguez ao volante, fiscalização de ultrapassagens em trechos de pista simples e o controle do excesso de velocidade, três dos maiores causadores de acidentes nas estradas. O uso do cinto de segurança, do capacete em motocicletas, dos dispositivos de retenção para crianças e do uso de telefone celular, além de fiscalizações específicas de motocicletas e condições de conservação dos veículos também terão atenção especial das equipes de fiscalização nas estradas durante o feriadão.
 
Paulo Cesar Marques, professor de Engenharia de Tráfego na Universidade de Brasília (UnB), acredita que a atenção redobrada por parte das autoridades de trânsito nesta época do ano é necessária, uma vez que há mais acidentes, sobretudo por dois motivos: mais veículos nas ruas e mais motoristas inexperientes pegando a estrada. 
 
“Normalmente, as ocorrências estão vinculadas ao volume de veículos circulando. Então, quanto mais veículos circulando, maiores as oportunidades em que as situações de risco acontecem, como os conflitos, que é o que geram os acidentes. Além disso, nos feriados alongados acaba que há também circulação por parte das pessoas que não têm familiaridade com a forma de funcionamento da rodovia, que não são motoristas do dia a dia, e não conhecem como é que os usuários se comportam”, explica. 

Criminalidade
Durante os períodos de férias e feriados, os assaltos e roubos também se tornam um grave problema nas rodovias e a corporação promete intensificar sua atuação no combate ao crime. Entre as estratégias então a realização de abordagens focadas nas informações do serviço de inteligência e a utilização de ferramentas de comunicação, para prender criminosos, recuperar veículos roubados e retirar armas ilegais, drogas e produtos contrabandeados de circulação.

Viaje seguro
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os motoristas que vão pegar a estrada no feriado podem seguir uma série de recomendações que podem ajudar a garantir uma viagem tranquila e segura:
 

  • Faça uma revisão no veículo: verifique principalmente pneus (inclusive o estepe), palhetas dos limpadores de para-brisa e itens de iluminação e sinalização;
  • Planejamento: lembre-se de programar paradas em locais adequados para abastecimento, alimentação e descanso. O acostamento deve ser utilizado apenas para situações emergenciais;
  • Jamais dirija sob efeito de álcool;
  • Mantenha a atenção total na rodovia: respeite a sinalização e os limites de velocidade, eles existem para proteger a sua vida;
  • Mantenha sempre os faróis ligados, mesmo durante o dia, para que seu veículo fique mais visível aos demais condutores e pedestres;
  • Lembre-se: o cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo;
  • Cadeirinha é obrigatória, no caso de transporte de crianças;
  • Em caso de emergência, contate a PRF: ligue para o telefone de emergência 191.

A dica de Paulo Cesar para que os motoristas minimizem os riscos de acidentes é simples: ter paciência. “Ser mais cuidadoso do que normalmente as pessoas são e serem pacientes com eventuais situações de congestionamento, de alguns pontos de retenção, não tentarem resolver isso fazendo ultrapassagens perigosas, por exemplo. Ou tentar ganhar tempo que, eventualmente, se gastou mais do que esperado num determinado ponto correndo além da conta nos outros trechos. Então, é cautela, atenção redobrada”, alerta. 

Durante a chuva
Além de cuidado redobrado e respeito à sinalização das estradas, o motorista deve ficar atento ao tempo. Em caso de chuva durante a viagem, a PRF orienta aos motoristas que transitem com velocidade moderada, sempre à direita da via. Nestes casos, o ideal é manter os faróis baixos acesos, manter distância segura do outro veículo que segue à sua frente, já que as frenagens ficam comprometidas com a água na pista, e evitar manobras bruscas.

Foto: PRFFoto: PRF