Fiscal atropelada dentro de terminal sai da UTI e não tem previsão de alta, diz filha

A fiscal Márcia Helena de Jesus, de 51 anos, atropelada por um ônibus no Terminal de Laranjeiras, na Serra, na Grande Vitória, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última sexta-feira (1º) e agora está no quarto do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória. A informação é da TV Gazeta.

De acordo com a filha de Márcia Helena, Rayane de Jesus, a mãe ainda não tem previsão de alta mas se recupera bem.

“Ela lembra de tudo. Está tomando menos remédios, mais para a dor mesmo”, disse.

Rayane disse que é filha única e contou que ela e o pai estão alternando os turnos no hospital para ficar com a mãe durante a sua internação.

A fiscal atuava no Terminal de Laranjeiras, na Serra, na Grande Vitória quando foi atropelada por um ônibus que manobrava para sair da garagem no dia 5 de outubro. Ela trabalhava como cobradora mas com a retirada da categoria de circulação, foi realocada como fiscal no terminal. Ela estava auxiliando um dos ônibus a manobrar quando foi atingida por outro.

Pessoas que estavam no local disseram que o motorista não havia visto o que tinha acontecido. Alertado por por quem estava por perto, moveu o ônibus novamente para tentar evitar algo mais grave, mas acabou passando novamente por cima dela.

Desesperados, funcionários e passageiros que estavam no local levantaram o ônibus para retirar a fiscal, que estava muito ferida. O motorista ficou em estado de choque e isolado dentro do ônibus até a chegada do socorro. Levada em estado grave para o Hospital Estadual de Urgência, Márcia teve a perna amputada.

Márcia Helena de Jesus, de 51 anos, fiscal atropelada em Terminal da Serra, ES — Foto: Reprodução

Márcia Helena de Jesus, de 51 anos, fiscal atropelada em Terminal da Serra, ES — Foto: Reprodução

 

 

Fiscal do transcol atropelada segue internada no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (Heue) — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Fiscal do transcol atropelada segue internada no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (Heue) — Foto: Reprodução/ TV Gazeta