FestCine Pedra Azulexibe retrospectiva das três primeiras edições em formato on-line

Uma edição especial de um dos festivais mais charmosos do Espírito Santo está chegando! O FestCine Pedra Azul – Mostra Digital – 3 Anos de Memórias apresenta uma retrospectiva das primeiras edições do evento. O festival acontece entre os dias 22 e 23 de maio, sábado e domingo, em formato on-line e gratuito.

A programação exibirá 14 curtas-metragens, que estão divididos em duas sessões não-competitivas: Mostra Digital – 3 Anos de Memória, que acontece no sábado (22), a partir das 19 horas; e Projeto Cinema na Escola, que será exibido no domingo (23), às 09 horas. Os filmes serão transmitidos por meio do site do FestCine Pedra Azul (www.festcinepedraazul.com.br) e ficarão disponíveis por 24 horas.

O diretor do festival, Marcoz Gomez, comemorou a possibilidade de realizar essa nova edição do evento. “Em meio à toda dificuldade que nos cerca nos tempos atuais, nós do FestCine Pedra Azul não desistimos e é um orgulho muito grande poder produzir a Mostra Digital – Três Anos de Memória. Temos certeza de que será mais um sucesso, fortalecendo ainda mais nosso festival, divulgando o Estado do Espírito Santo e disseminando a cultura brasileira dentro e fora do País, através das exibições on-line”, destacou.

“O FestCine Pedra Azul é um evento que se consolida a cada ano. Um espaço de fomento do audiovisual de várias partes do Brasil e do mundo. Essa mostra retrospectiva é uma nova oportunidade de conferir o talento e a criatividade da produção recente do audiovisual brasileiro”, disse a diretora executiva do evento, Lucia Caus.

Com realização da Galpão Produções Artísticas e Culturais e Tower Filmes, o Projeto conta com recursos da Lei Aldir Blanc, via Edital de Seleção de Projetos e Concessão de Prêmio Artes Integradas 2020, por intermédio da Secretaria da Cultura (Secult), direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Programação

A programação do FestCine Pedra Azul – Mostra Digital – 3 Anos de Memórias reúne 14 filmes, de vários estados brasileiros, divididos em duas janelas: Mostra Digital – 3 Anos de Memória e Projeto Cinema na Escola. As obras revisitam as edições anteriores do Festival e exibem os filmes mais marcantes desses três anos de evento.

A Mostra Digital – 3 Anos de Memória reúne seis filmes, com tradução em libras, que apresentam um recorte da criatividade e da pluralidade da produção recente do cinema brasileiro a partir da curadoria realizada no FestCine Pedra Azul. São eles: A Mesa no Deserto, de Diego Scarparo; A Volta para Casa, de Diego Freitas; Cuida de Mim; de Liziane Bortolatto; Entreolhares, de Ivann Willig; Lucia Voltou a Fumar, de Iuri Bermudes; e Nova Iorque, de Leo Tabosa.

Na mostra Projeto Cinema na Escola, que tem classificação indicativa livre, as exibições são voltadas para o público escolar com filmes que podem ser assistidos por toda a família. A janela, que exibe oito produções, é uma ferramenta educacional que oportuniza aos alunos o acesso ao conhecimento da linguagem audiovisual e estimula o debate inter e transdisciplinar em torno das temáticas atuais apresentadas através dos filmes.

Os filmes da sessão também foram exibidos nas edições anteriores do FestCine Pedra Azul. São eles: A Piscina de Caíque, de Raphael Gustavo da Silva; O Vale, de Guilherme Fernandes e Lucas Bogo; A Semente do Ler e do Contar, de Edson Carvalho; Vinillis Frutiferis, de Victorhugo Passabon Amorim; Hornzz, de Lena Franzz; Fotografias, de Marcelo Giannini; Liga da Mata, de Sergio Kalili; e Segunda Guerra Mundial, de Rhuan Prado Suhett.

Confira a programação completa

 

FESTCINE PEDRA AZUL – MOSTRA DIGITAL – TRÊS ANOS DE MEMÓRIA

Sessão com Acessibilidade* Classificação Indicativa: 18 Anos

 

A MESA NO DESERTO

Diego Scarparo

[ES, Ficção, 2017,15″]

*com interpretação em Libras

Sinopse: No futuro, o mundo foi destruído por uma grande guerra e se tornou um imenso deserto radioativo; E o que restou da humanidade é o que temos hoje: ódio. Num mundo de alta tecnologia e pouca esperança de vida, o saqueador “Sargento”, num roubo mal-sucedido, passa a noite que mudará sua vida para sempre. Classificação Indicativa: 18 anos.

A VOLTA PARA CASA

Diego Freitas

[SP, Ficção, 2019, 16’09’’]

*com interpretação em Libras

Sinopse: No domingo de Páscoa, Plínio, carpinteiro aposentado, espera a visita da família, mas eles não aparecem. Anselmo, o jardineiro da casa em que mora, oferece-lhe uma carona para casa. Plínio revisita suas memórias do bairro de Santana ao longo do caminho. Classificação Indicativa: Livre.

CUIDA DE MIM

Liziane Bortolatto

[SC, Ficção, 2018, 21’38”]

*com interpretação em Libras

Sinopse: A história se passa em uma cidade no litoral sul do Brasil, no outono. Naia, uma linda e jovial mãe solteira de 30 anos, mora em um apartamento de classe média com sua única filha Helena, uma menina doce, dedicada e amorosa. Naia deixa remédios que a filha toma todas as noites. Helena tomá-lo às vezes não parece certo. Não está claro, a princípio, o motivo do desconforto da menina.

ENTREOLHARES

Ivann Willig

[ES, Ficção, 2020, 19’58’]’

*com interpretação em Libras

Sinopse: Na década de 1960, numa bela e futurista casa em Pedra Azul, Montanhas Capixabas, uma jovem esposa cega precisa “ver” a vida de novas perspectivas. Classificação Indicativa: 18 anos.

LUCIA VOLTOU A FUMAR

Iuri Bermudes

[SP, Ficção, 2017, 22′]

*com interpretação em Libras

Sinopse: Isolada em sua casa, e querendo um cigarro, Lúcia pede para um visitante do prédio comprar um maço de cigarros. À medida que Lúcia fuma, ela explica para o visitante, sua relação com o vício, com a vida e o motivo que a fez voltar a fumar. Classificação Indicativa: 12 anos.

NOVA IORQUE

Leo Tabosa

[PE, Ficção, 2018, 23′]

*com interpretação em Libras

Sinopse: Uma professora sai do sertão pernambucano e tenta ser atriz em São Paulo. Sem sucesso, ela retorna 20 anos depois para cuidar da mãe doente e dar aulas. Com isso, ela constrói uma forte amizade com um de seus alunos. Classificação Indicativa: Livre.

 

PROJETO CINEMA NA ESCOLA

Classificação Indicativa: Livre

 

A PISCINA DE CAÍQUE

Raphael Gustavo da Silva [GO, Ficção, 2017, 15′]

Sinopse: Sonhando em ter uma piscina, Caíque e seu amigo inseparável se divertem escorregando no chão molhado e ensaboado da área de serviço. Por causa do desperdício de água, Caíque acaba criando problemas com sua mãe. Classificação Indicativa: Livre.

O VALE

Guilherme Fernandes, Lucas Bogo [SC, Ficção, 2017, 15′]

Sinopse: Um jovem distante de seu passado, volta para casa após 10 anos para comemorar com velhos amigos. Uma história que fala sobre reencontros, perdas e mudanças. A amizade permanece intacta, independente do tempo e da distância. Classificação Indicativa: Livre.

A SEMENTE DO LER E CONTAR

Edson Carvalho

[BA, DOC, 2018, 30′]

Sinopse: A Semente do Ler e Contar retrata uma experiência de alfabetização de jovens e adultos, moradores da periferia, onde não há escolas ou postos de saúde. Durante cinco meses, na própria comunidade dos alunos, as aulas foram acontecendo de forma interativa, crítica e construtiva, culminando na descoberta da escrita e da leitura e, em consequência, de uma nova forma de ver o mundo. Classificação Indicativa: Livre.

 

VINILLIS FRUTIFERIS

Victorhugo Passabon Amorim [ES, DOC, 2016, 16′]

Sinopse: Um jornalista vai ao interior do Espírito Santo para conhecer a “Vinillis frutiferis”, uma árvore cujos frutos são discos de vinil e que precisa que os beija-flores, com seus bicos, toquem a música. Num jogo entre realidade e ficção, descobrimos histórias de moradores que preservam essa espécie.Classificação Indicativa: Livre.

 

HORNZZ

Lena Franzz

[RJ, Animação, 2020, 5′]

Sinopse: Como cada escolha se reflete em nossas vidas? Por meio da narrativa surreal de Hornzz, seguimos os desafios de uma garota chamada Lu, viajando por experiências únicas em um mundo de fantasia.Classificação Indicativa: Livre.

FOTOGRAFIAS

Marcelo Giannini

[RJ, Ficção, 2019, 10′]

Sinopse: “Fotografias” é baseado no conto “Tiro ou não Tiro” do escritor Edson Athayde. O personagem principal é um homem que faz uma reflexão de suas memórias afetivas, ao passar pelo cidade do Rio de Janeiro ele refaz uma viagem fotográfica pelo cotidiano da cidade. Classificação Indicativa: Livre.

LIGA DA MATA

Sergio Kalili

[SP, Animação, 2020, 13′]

Sinopse: Este é um projeto de animação que visa trabalhar com educação ambiental e também com educação social. Transformando diferenças em coexistência. Abordamos as causas sociais indígenas, urbanas e rurais equilibrando como um todo a humanidade com a natureza. Após o assassinato de uma anta na floresta por caçadores inescrupulosos, o zangado xamã evoca os espíritos adormecidos da floresta. Classificação Indicativa: Livre:

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Rhuan Prado Suhett [ES, DOC, 2019, 21’15’’]

Sinopse: Alunos da Escola Estadual Fraternidade e Luz de Cachoeiro de Itapemirim, criaram, roteirizaram e filmaram o documentário em cima de pesquisas sobre a Segunda Guerra Mundial. Participação Especial de Camilo Cola. Classificação Indicativa: Livre.

 

 

Serviço:
FestCine Pedra Azul – Mostra Digital – 3 Anos de Memórias:

Dia: 22/05 (sábado), a partir das 19 horas

Dia: 23/05 (domingo), a partir das 9 horas

(os filmes ficarão disponíveis por 24 horas) e

On-line e gratuito


Leia mais

Leia também