FERTILIZANTES: Metas do plano nacional são um grande desafio para o setor

Compartilhe

O Governo Federal lançou, em março de 2022, o Plano Nacional de Fertilizantes (PNF), que tem como objetivo principal reduzir a dependência das importações dos insumos que são essenciais para o desenvolvimento da agricultura brasileira.

Atualmente, segundo dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), o Brasil importa mais de 85% dos fertilizantes utilizados no país, em um mercado dominado por poucos fornecedores. O Plano Nacional de Fertilizantes (PNF) tem como meta planejar o setor até 2050 e desenvolver o agronegócio nacional, com foco nos principais elos da cadeia: indústria tradicional, produtores rurais, cadeias emergentes, novas tecnologias, uso de insumos minerais, inovação e sustentabilidade ambiental.

O PNF começou a ser elaborado em 2021 e foi formalizado por Decreto em 11 de março. O documento cria ainda o Conselho Nacional de Fertilizantes e Nutrição de Plantas, órgão consultivo e deliberativo que coordena e acompanha a implementação do Plano Nacional de Fertilizantes.

Segundo a Anda, o Brasil é o 4º maior consumidor mundial de fertilizantes, dos quais o potássio é o principal nutriente utilizado pelos produtores brasileiros (38%), seguido pelo fósforo, com 33% do consumo total de fertilizantes, e o nitrogênio, com 29%. Dentre as culturas que mais demandam o uso de fertilizantes (NPK) estão a soja, o milho e a cana-de-açúcar, somando mais de 73% do consumo nacional. 

A implantação das ações do PNF poderá minimizar a dependência externa desses nutrientes importados principalmente da Rússia, China, Canadá, Marrocos e Belarus. Estados Unidos, Catar, Israel, Egito e Alemanha completam a lista dos dez maiores exportadores de fertilizantes para o Brasil em 2021, de acordo com dados do Ministério da Economia. 

Leia o artigo completo na edição 419 de Brasil Mineral<\/a>

Foto: Revista Brasil MineralFoto: Revista Brasil Mineral

Leia também

OMS espera que mais casos de varíola dos macacos surjam globalmente

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que espera identificar mais casos de varíola dos macacos na medida...

Seleção de Água Doce do Norte enfrenta Barra de São Francisco neste sábado pela Copa SESPORT

Após um tumultuado final de semana, onde o time de Barra de São Francisco visitou Água Doce do...

EDP prorroga feirão de negociação de débitos

  A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, prorrogou até o dia 30 de junho o Feirão de...

Após dois anos de pandemia, é seguro voltar a andar de ônibus?

Seja a caminho do trabalho, seja para chegar na faculdade, quem pega ônibus todos os dias sabe da...

Fase Regional dos JEES teve mais de 80 jogos em Barra de São Francisco; veja mais detalhes

Foram seis dias de competição, envolvendo dezenas de atletas de nove municípios, com mais de 80 jogos. Esse...

Secretaria de Educação se reúne com militares para diálogo sobre Escola Cívico-Militar de Nova Venécia

  A Secretaria Municipal de Educação (Seme), se reuniu com tenente coronel-comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de...