Ferramenta avaliará impactos econômicos de políticas públicas futuras

Um modelo de Equilíbrio Geral Computável (EGC), ferramenta para simular os impactos de projetos de infraestrutura antes da execução, permitirá que empresas, autoridades e associações das 27 unidades da Federação gerem evidência quantitativa sobre os possíveis impactos econômicos de determinada política pública antes de implementá-la. O modelo foi desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento da Infraestrutura (SDI), da Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade, do Ministério da Economia.

O modelo, que torna possível simular impactos econômicos locais das políticas públicas nacionais, elaborado em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), foi calibrado com o objetivo de simular o impacto do programa Pró-Infra, de investimentos em infraestrutura, na economia brasileira no período de 2020 a 2040. Além disso, a utilização desse método de análise permite a priorização de investimentos de médio e longo prazo.

O arquivo zip do modelo já está disponível para download de forma gratuita

Leia mais

Leia também