Fapes prorroga prazo de inscrição do edital para inovações em empresas e spin-offs até 10 de julho

Os empreendedores capixabas interessados em participar da chamada pública para fomentar projetos inovadores em empresas consolidadas e em spin-offs têm até o dia 10 de julho para submeter as propostas. O prazo de inscrição foi prorrogado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e a alteração foi publicada nesta sexta-feira (26).

O objetivo da chamada pública de Apoio a Projetos Inovadores e Spin-Off é conceder recursos não reembolsáveis, por meio de subvenção econômica, para o desenvolvimento de produtos, bens, serviços ou processos inovadores em empresas capixabas e estimular o surgimento e fortalecimento de novas empresas derivadas, as spin-offs.

Além disso, a Fapes já havia anunciado a alteração do valor de contrapartida da empresa proponente. Agora, os recursos a serem aplicados pela iniciativa privada no projeto devem ser de 5% a 10% do total da proposta – antes era de 10% a 30%. As empresas sediadas em território capixaba terão a oportunidade de desenvolver produtos ou processos inovadores com R$ 10,2 milhões em recursos provenientes do Edital 01/2020.

Esse total é resultado do aporte financeiro aprovado pela Mobilização Capixaba pela Inovação (MCI) e transferido ao Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec/MCI).

Empresas e spin-offs

Os projetos devem estar inseridos nas seguintes modalidades:

– Projetos Empresariais Inovadores: voltada a projetos empresariais inovadores em empresas já constituídas para as quais serão destinados R$ 7,2 milhões. A proposta poderá ser contemplada com até R$ 300 mil e o proponente deverá aportar uma contrapartida de 5% a 10%. É necessário que faça parte da equipe um pesquisador vinculado a alguma Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT).

– Projetos Empresariais Inovadores Desenvolvidos em Spin-Offs: a segunda é voltada a projetos empresariais inovadores em empresas derivadas, as spin-offs empresariais, para as quais serão destinados até R$ 3 milhões. A proposta poderá ser contemplada com até R$ 150 mil e o proponente deverá aportar uma contrapartida de 5% a 10%. É necessário que a spin-off esteja vinculada a uma incubadora sediada no Espírito Santo.

Os representantes de empresas interessados em participar da chamada pública devem submeter suas propostas no Sistema de Gestão da Fapes (SigFapes) até o dia 10 de julho de 2020.

SERVIÇO:
Edital Fapes nº 01/2020 – Apoio a Projetos Inovadores e Spin-Off
Inscrições prorrogadas até 10 de julho de 2020
Submissão de proposta pelo www.sigfapes.es.gov.br
Informações: duvidas.inovacao@fapes.es.gov.br 

Leia mais

Motorista do caminhão truck que sofreu acidente em Barra de São Francisco já está em casa e passa bem

O motorista do caminhão truck, que se envolveu em um grave acidente em Barra de São Francisco, já está em casa. O SiteBarra conversou com...

Brasil registra 1.156 mortes por Coronavírus em 24 horas

O Brasil registrou 1.156 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora, subiu para 26.754 o número de vítimas fatais da doença no país. O Ministério...

Fórum IMBRICS cria parceria com USP para atuar no combate à Covid-19 no Brasil

Com o objetivo de minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus no Brasil, integrantes da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da...

Mais de 55 mil vagas de emprego foram fechadas no setor de transporte devido à pandemia

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, o setor de transportes já fechou 56.117 postos de trabalho. Em três meses o valor já...

Leia também

Primavera 2020: estação deve trazer chuva, exceto no Nordeste

A primavera de 2020 para o Hemisfério Sul está prestes a começar: segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão do início da...

Nova Lei do Gás Natural pode baratear custos da produção de frangos

Aprovado pela Câmara dos Deputados no início do mês, o Projeto de Lei 6407/2013, também conhecido como Nova Lei do Gás, pode trazer muitos...

Maior produtor de aves, suínos e milho, Toledo pode se beneficiar com a aprovação da Nova Lei do Gás

Aprovado pela Câmara dos Deputados no início do mês, o Projeto de Lei 6407/2013, também conhecido como Nova Lei do Gás, pode trazer muitos...

DF: Hoje restrito ao setor automotivo, gás natural pode beneficiar mais segmentos da economia local com a Nova Lei do Gás

O mercado de gás natural no Distrito Federal é um dos mais tímidos do país, mas isso pode começar a mudar com a Nova...