Fapes divulga resultado preliminar do Edital Universal 2021

Os pesquisadores mestres ou doutores que submeteram propostas no Edital 03/2021 – Universal 2021, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), já podem acessar o resultado preliminar das propostas habilitadas. Após análise individual dos projetos, a Fapes divulgou nesta segunda-feira (31) o resultado.

A chamada pública bateu recorde de submissões e recebeu 458 propostas, sendo 198 do interior do Estado e 260 da Região Metropolitana da Grande Vitória. Desse total, 414 foram habilitadas e 44 inabilitadas. Clique aqui e acesse o resultado preliminar. O prazo para recursos administrativos começa nesta terça-feira (1º) e, devido ao feriado de Corpus Christi, termina na próxima quarta-feira (09) e devem ser enviados ao e-mail: recursoadministrativo@fapes.es.gov.br

O edital destina R$ 7,5 milhões em projetos de todos os segmentos da comunidade científica. É o maior valor já investido pela Fapes nesta modalidade de edital e o recurso financeiro é oriundo do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec).

O Edital Universal 2021

O Edital Fapes 03/2021 contemplou projetos de todas as oito áreas de conhecimento, definidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). São elas:

  1. Ciências Agrárias;
  2. Engenharias;
  3. Ciências Exatas e da Terra;
  4. Ciências Humanas;
  5. Linguística, Letras e Artes;
  6. Ciências da Saúde;
  7. Ciências Sociais Aplicadas;
  8. Ciências da Vida.

As propostas foram selecionadas por faixas, conforme definido no edital, e possuem prazo de execução de 24 meses:

  • Exclusiva para coordenadores (as) Mestres;
  • Exclusiva para coordenadores (as) Doutores (as), com título obtido há, no máximo, 10 anos;
  • Exclusiva para coordenadores (as) Doutores (as), com título obtido há mais de 10 anos.

Interior

Estimulando a interiorização das atividades de pesquisa no Espírito Santo, 30% dos recursos financeiros disponibilizados para a chamada pública foram destinados, prioritariamente, a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições localizadas fora da Região Metropolitana da Grande Vitória.

Para a definição da ordem de classificação das propostas, por faixa, também foram consideradas as áreas de conhecimento inscritas, de modo que todas as grandes áreas com propostas submetidas tivessem, ao menos, uma proposta contemplada, caso haja recurso financeiro disponível para tal.

Maternidade

Outra novidade importante do edital foi a aplicação da resolução CCAF nº 278, de 03 de dezembro de 2020, que estabelece critérios específicos de avaliação da produção técnico-científica, em razão do advento de prole. Ou seja, as pesquisadoras que se tornaram mães até cinco anos antes da data de publicação do edital podem receber acréscimo de um ou dois anos no período considerado para a análise da produtividade.

Texto: Samantha Nepomuceno


Leia mais

Leia também