Fapes divulga 2ª edição do Programa Centelha no Estado em evento de inovação da Região do Caparaó

Compartilhe

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) foi convidada para fazer parte da programação de palestras da 1ª Mostra de Inovação da Região do Caparaó, realizada pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e pelo Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), na última sexta-feira (10), de forma virtual. Na ocasião, a Fapes divulgou a 2ª edição do Programa Centelha no Estado, que tem previsão de lançamento para janeiro de 2022.

O evento reuniu estudantes do Ensino Médio, graduandos, pós-graduandos e profissionais liberais para debaterem sobre inovação e empreendedorismo na região e no Estado. O diretor de Inovação da Fapes, Elton Moura, palestrou com o tema “As perspectivas de empreender com o Programa Centelha” e comentou sobre a aceitação do público ao Programa.  

“A aceitação foi total! As pessoas estão na expectativa de participar do Centelha e esperando o lançamento do Programa. Isso porque existe muito empreendedor na Região do Caparaó que deseja ser apoiado por meio das suas ideias de negócios inovadoras. Participar do Centelha é um dos melhores meios de receber o impulso necessário para tirar a sua ideia do papel e transformá-la em um negócio inovador, realizar o seu empreendimento, colocá-lo em prática e, ainda, receber recurso e capacitação para isso”, disse Elton Moura.

O diretor de inovação da Fundação falou ainda sobre o potencial da Região do Capraó em inovar. “As instituições de ensino, com as empresas e mais os órgãos públicos municipais que ali se encontram querem movimentar a região para terem novos empreendimentos. E isso é ótimo! O Centelha é a primeira chamada pública nessa trilha da inovação. Estou bem animado em relação ao lançamento do Centelha II aqui no Espírito Santo. Vamos aguardar submissões de excelentes projetos inovadores do Caparaó e todo o Estado”, acrescentou.

A 1ª Mostra de Inovação da Região do Caparaó pode ser assistida virtualmente por meio do canal do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGVC|Ufes) no YouTube, clicando aqui

O Programa Centelha 

O Programa Centelha visa a estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Espírito Santo. O programa oferece capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso. No Espírito Santo, o primeiro edital do Programa foi lançado em setembro de 2019 e recebeu 3.556 propostas. Um recorde nacional. 

A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI. No Espírito Santo, é executada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

Texto: Samantha Nepomuceno

Leia também

Polícia Civil prende idoso de 72 anos suspeito de abusar de crianças

A equipe da Delegacia Regional de Nova Venécia prendeu um idoso de 72 anos, em um distrito no...

Motociclista morre após bater em bicicleta na BR-101, no Sul do Espírito Santo

  Agnaldo Souza Rocha morreu em acidente na BR-101, em Itapemirim, ES — Foto: Reprodução/redes sociais Um motociclista morreu após...

Homem é preso suspeito de assediar adolescente de 13 anos pelas redes sociais

Um homem de 28 anos foi preso suspeito de assediar um adolescente de 13 anos em Boa Esperança,...

Conheça ‘Garibolt’, o coletor e atleta que é ágil no trabalho e nas pistas de corrida

Salta do caminhão, recolhe sacos de lixo, corre atrás do caminhão, sobe nele mais uma vez e segue...

INDÚSTRIA: Demanda por profissionais com nível superior deve crescer 8,7% até 2025

A demanda por profissionais com nível superior no setor industrial deve crescer 8,7% até 2025, aponta o Mapa...

Pobres mulheres

Pedro Valls Feu Rosa Dia desses li que lá no distante Egito o Deputado Elhamy Agina sugeriu que a...