Fapes abre licitações para contratação de empresas para o Programa Seedes • SiteBarra

Fapes abre licitações para contratação de empresas para o Programa Seedes

Fortalecendo o ecossistema de inovação do Estado, a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) abriu, nessa segunda-feira (13), duas licitações no modelo de tomada de preço para o Seedes – Startup e Empreendedorismo Estadual em Desenvolvimento no Espírito Santo.

A diretora-presidente da Fapes, Cristina Engel, comentou uma das metas da gestão do governador Renato Casagrande em tornar o Espírito Santo um Estado que seja referência em inovação. 

“O governador nos colocou a tarefa de incrementar o ecossistema capixaba de inovação e o Seedes vem com esse propósito. O programa já tem gerado uma grande expectativa das pessoas que pretendem participar do edital, que querem ter suas startups aceleradas, e é importante que se diga que o Seedes, embora seja uma experiência totalmente nova para o Espírito Santo, nos traz uma ótima expectativa pelo fato de nós termos uma excelente relação com o Governo de Minas Gerais. O Seed MG já teve várias rodadas do programa realizadas que foram um sucesso. Então, nós pudemos aproveitar toda experiência adquirida em Minas Gerais para fazermos o lançamento aqui no Estado de uma forma eficiente”, destacou a diretora-presidente da Fapes. 

Cristina Engel também abordou a expectativa da Fundação no lançamento do Seedes. “Todos nós estamos esperando por esse lançamento e a implantação do Programa aqui está sendo tratada pela Fapes como uma grande prioridade, tanto na elaboração de toda documentação quanto na própria preparação do espaço em que será executado o programa. Nós temos certeza que este espaço será um local de referência para inovação do Espírito Santo”, afirmou Cristina Engel.  

Para as empresas de seleção foi publicado o Edital 001/2021, de tomada de preços, com o objetivo de contratação de empresa para a prestação de serviço técnico especializado para execução do processo de atração, avaliação e classificação das startups. A forma de execução é indireta e sob regime de empreitada por melhor técnica e preço global estimado de R$ 218.001,63 (duzentos e dezoito mil, um real e sessenta e três centavos).

Já para as aceleradoras foi publicado o Edital 002/2021, de tomada de preços, com o objetivo de contratação de empresa para a prestação de serviço técnico especializado para execução do processo de aceleração de até 30 (trinta) startups na primeira rodada do programa, em conformidade com o Edital de Chamamento Público do Seedes, que será publicado pela Fapes. A forma de execução também é indireta e sob regime de empreitada por melhor técnica e preço global estimado de R$ 798.500,00 (setecentos e noventa e oito mil e quinhentos reais).

Aas empresas que poderão participar das licitações são as inscritas no Cadastro de Fornecedores do Estado do Espírito Santo CRC/ES ou que atenderem a todas as condições exigidas para o cadastramento até o terceiro dia anterior à data de recebimento das propostas.

O diretor de Inovação da Fapes, Elton Moura, falou sobre os próximos passos para implantação do Seedes no Espírito Santo. “No primeiro semestre de 2022, vamos abrir a chamada pública para contratação das 30 startups que vão participar do Programa. É o primeiro edital de aceleração de startup do Estado, ou seja, as empresas que vão entrar são aquelas que estão em um nível mais avançado de atração, mais avançadas como um negócio e precisam escalar a sua startup, alcançando um maior número de clientes e, assim, quem sabe, evoluir seus produtos. Acreditamos que no segundo semestre de 2022 as empresas estejam contratadas e sendo aceleradas durante o período de seis meses e, após esse período, vamos analisar todo processo e pontuar os ajustes para que, caso tenha um segundo ciclo, seja um processo melhor que o atual”, explicou o diretor de Inovação da Fundação. 

Sobre o Seedes

O Seedes, primeiro programa público capixaba de aceleração de startups, vai publicar um chamamento público e competitivo para selecionar até 30 (trinta) startups para um processo intenso de aceleração com duração de 6 (seis) meses, com previsão de início no primeiro semestre de 2022, que contará com capacitações, treinamentos, mentorias personalizadas, subvenção econômica, trocas de conhecimento, networking, imersão e fortalecimento do ecossistema de empreendedorismo e inovação do Espírito Santo.