Família de capixaba que morreu em Portugal pede ajuda para trazer corpo

Compartilhe

A família de um capixaba morto em um acidente em Portugal organizou uma campanha para arrecadar o valor do translado do corpo para o Brasil. A informação é de Álvaro Guaresqui e Bruna Hemerly, do g1 ES e TV Gazeta.

Nelson Gomes tinha 37 anos e morava no país europeu há 17 anos. Na madrugada do último domingo (13) o carro em que ele estava com outras quatro pessoas sofreu um acidente e apenas um deles sobreviveu.

“O que a gente sabe até agora é que o carro, ao fazer uma rotatória, aquaplanou, bateu em uma estátua. A rotatória fica perto do aeroporto de Faro, próximo de onde ele morava”, contou Cássia Gomes, cunhada da vítima.

O desenhista técnico Pedro Nuno vivia com Nelson em Portugal e está acompanhando as questões burocráticas após o acidente. A previsão é de que o corpo seja liberado nesta semana.

“O corpo vai ter que ser autopsiado, tem que fazer o teste de Covid-19, porque faz parte do protocolo. O que eu soube no Instituto de Medicina Legal é que só devem liberar o corpo no fim da semana, quando o tribunal der autorização”, disse Nuno.

Segundo a família de Nelson, os custos do translado do corpo dele até Rio Novo do Sul, cidade do Sul do Espírito Santo, chegam a R$ 50 mil.

“A gente vai conseguir, se Deus quiser. A gente tem pressa, então quanto mais pessoas doarem, quanto mais pessoas compartilharem é melhor para a gente”, falou a cunhada de Nelson.

Para a mãe da vítima, Orlandina Maria Gomes, poder sepultar a o corpo do filho é uma forma de amenizar a dor, mesmo que o luto ainda perdure.

“Falei: Deus, me ajuda a trazer meu filho! Eu quero meu filho. Eu sei que mesmo que eu não possa ver ele, eu estou aqui do lado dele. Eu quero falar: meu filho, você está perto de mim, você está perto da sua mãe; sua mãe está com o coração muito machucado. Eu não imaginei que eu fosse perder um filho com 37 anos de idade, mas o Senhor sabe de todas as coisas, eu confio nele e peço que ele me restaure e me dê força. Eu estou precisando de força, Senhor”, lamentou a mãe de Nelson.

Nelson Gomes Neto, de 37 anos, morreu no último domingo (12) em um acidente de carro em Portugal — Foto: Arquivo pessoal

 

Leia também

Botafogo vence fora em jogo com dois gols anulados do Bragantino pelo VAR

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Red Bull Bragantino controlou o jogo, criou mais chances e até fez...

Operação da PF contra roubo de encomendas postais prende uma pessoa no Espírito Santo

A Polícia Federal realizou, nesta terça-feira (7), a Operação Nuntio, que cumpriu um mandado de prisão e um...

Apostas feitas em Barra de São Francisco, Colatina e Nova Venécia fazem a quina da Mega-Sena; veja o prêmio

O concurso 2.497 da Mega-Sena foi realizado na noite de sábado (2), no Espaço da Sorte, em São...

Fábrica de papel que será construída no Espírito Santo pode gerar 500 vagas de emprego

A construção de uma fábrica de papel do tipo tissue e conversão em Aracruz, na Região Norte do...

Homem morre em acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga

Um grave acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga, próximo ao Córrego do Paraíso,...

“Cooperativismo é o modelo econômico mais adequado que existe”, diz presidente da Coopeavi

  Neste sábado (02), é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo. O Dia Internacional é celebrado desde 1923, mas foi...

Empresa de tecnologia catarinense busca 50 técnicos de informática no Espírito Santo

A GovernarTI, empresa de tecnologia e segurança eletrônica de Blumenau (SC), está buscando expandir seus negócios no Espírito...