Exército pede levantamento sobre capacidade dos cemitérios no Espírito Santo

O Exército solicitou aos municípios do Espírito Santo e do Rio de Janeiro um levantamento sobre a disponibilidade de sepulturas e da capacidade diária de enterros em cemitérios. Os municípios de Vila Velha, Viana e Vitória confirmaram que receberam o pedido.

O documento foi enviado em caráter de urgência pelo comandante da Primeira Região Militar do Exército, que é responsável pela administração de todas as unidades militares do Rio e do Espírito Santo.

Em nota, o Exército informou que está planejando sua ação com base no levantamento de cenários hipotéticos para minimizar os efeitos da pandemia para a sociedade.

Em Vila Velha, a secretária municipal de Serviços Urbanos Marizete de Oliveira Silva afirma que a solicitação chegou à Prefeitura na noite desta sexta-feira (17). Segundo a secretária, a cidade comprou mil túmulos em um cemitério particular, já que os cemitérios públicos estão cheios.

“Vamos fazer o pagamento por mês das sepulturas que forem usadas. Essa ação antecede esse ofício. Estamos trabalhando nessa questão desde o início da notícia de casos registrados no Brasil e por isso deu tempo de fazer uma licitação”, explicou ela.

A prefeitura de Vitória informou que recebeu o documento e explicou que há dois cemitérios municipais: um em Maruípe, com dez mil túmulos, e o cemitério de Santo Antônio, com quatro mil sepulturas.

A prefeitura disse ainda ao exército que existem 200 vagas para possíveis sepulturas, em caso de necessidade.

“Hoje temos a capacidade de fazer dez sepultamentos em cada cemitério. E qualquer dúvida com relação ao serviço dos cemitérios podem ser tiradas através do canal 156”, diz Marcos Aranda, subsecretário da Central de Serviços de Vitória.

Em Viana, a prefeitura já começou as obras de um cemitério vertical para as possíveis vítimas da Covid-19.

Já o governo estadual instalou contêineres com sistema de resfriação ao lado do necrotério do hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra. Eles serão usados para armazenamento de corpos, se for necessário.

As prefeituras de Cariacica e da Serra disseram que ainda não receberam o ofício do Exército.

A Prefeitura de Cariacica informou que administra oito cemitérios e que todos têm capacidade de atendimento imediato. Já Prefeitura da Serra disse que toma conta de seis cemitérios e que, a cada quatro anos, faz a exumação e a transferência dos restos mortais para ossários.

O Executivo municipal de Guarapari foi procurado, mas não respondeu à reportagem.

MP recomenda mais cuidados

O Ministério Público do Espírito Santo também notificou as prefeituras e o governo estadual para que haja cuidado redobrado no manuseio de corpos em hospitais, funerárias e cemitérios.

“A notificação recomendatória objetiva que todos os profissionais de saúde sejam capacitados para lidar com pacientes de Covid-19 que vierem a óbito, principalmente em relação ao uso dos equipamentos de proteção. Ela também é dirigida aos serviços funerários e aos cemitérios para que adotem os procedimentos necessários”, disse a promotora Inês Thomé Poldi Taddei.

Segundo ela, o MPE também recomenda que os municípios disponibilizem serviços de atendimento psicossocial aos familiares dos mortos.

Os procedimentos para enterro e velório já mudaram na maioria dos municípios, com reforço dos equipamentos de proteção, limitação do número de pessoas e até mudança no tempo de velório.

É o que já está acontecendo em Cariacica. “Os nossos profissionais trabalham com uniformes, utilizam os equipamentos de proteção individual e também são orientados a fazer a higiene preventiva. Os velórios estão suspensos na cidade e as famílias são orientadas a realizar os sepultamentos o mais rápido possível”, declarou o assessor técnico de limpeza do município, Renato Terra.

Leia mais

Barreira sanitária no aeroporto atende a mais de 56 mil pessoas

Em funcionamento desde o dia 27 de março...

Homem é preso com drogas em Água Doce do Norte

Na madrugada deste sábado, 18/07/2020, policiais do 11º BPM de Água Doce do Norte, compareceram ao bairro Bela Vista, onde estaria acontecendo tráfico de...

Auxílio de R$600: próximos pagamentos serão automáticos para quem já tem o benefício

Após o anúncio da prorrogação das parcelas do auxílio emergencial, em 30 de junho, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que aquele que...

Escola de Viana realiza ciclo interno de formação sobre interdisciplinaridade

O Centro Estadual de Ensino Fundamental e Médio em Tempo Integral (CEEFMTI) Ewerton Montenegro Guimarães, de...

Leia também

Vila Pavão vacina quase três mil animais entre cães e gatos

Entre os dias 08 a 28 desse mês,...

Polícia Militar recupera motocicleta em Nova Venécia logo após ter sido furtada

Na noite do último domingo (27), policiais militares...

Veneciano é candidato a vereador em Rio Branco, capital do Acre

O empresário e farmacêutico veneciano, Alexandre Thomazini, tentará, pela segunda vez, uma vaga na Câmara de Vereadores do município de Rio Branco, capital do...