Ex-prefeito de Rio Bananal é condenado e perde direitos políticos por cinco anos

Felizmino Ardizzon do PSB, ex-prefeito de Rio Bananal

A justiça condenou o ex-prefeito de Rio Bananal, Felismino Ardizzon (PSB), por crime de improbidade administrativa. O juiz Wesley Sandro Campana sentenciou o ex-chefe do Executivo daquele município perda dos direitos políticos por cinco anos.

Felismino, quando prefeito, utilizou maquinário da Prefeitura de Rio Bananal para construir uma piscina de interesse particular.

Relata a sentença: utilizaram bens públicos consistentes em máquinas, tratores e caminhões, operados por servidores municipais, para a construção de piscina em imóvel pertencente ao particular Sr. Maciel Ferreira Couto, bem como, para escavações em lotes particulares, em loteamento clandestino, pertencentes ao Sr. Luiz Piveta Arpini.

Juntamente com o ex-prefeito, foram sentenciados NIVALDO ULIANA; THIAGO INÁCIO FANTIN E RICARDO ENDRINGER, na prática dos atos de improbidade descritos nos artigos 10, inciso II e 11 “caput” da Lei nº 8429/92.

Felismino foi prefeito por três mandatos consecutivos (2005 à 2008 / 2009 á 2012 / 2017 a 2020).

Colaboração: Folha do ES

Leia mais

Leia também