Ex-lateral do Vasco, Cássio Barros é o primeiro treinador da história do Nova Venécia F.C

Ex-jogador com histórico de grandes equipes e de Seleção
Brasileira, Cássio Barros será o primeiro treinador da história da equipe
profissional do Nova Venécia F.C. Dentro de campo, teve sua história ligada ao
Vasco da Gama, onde fez quase 300 jogos na lateral-esquerda, foi campeão
brasileiro e tricampeão carioca.

Quando decidiu se tornar treinador, foi também o clube
cruzmaltino sua grande escola. Esteve em praticamente todas as equipes de base
em São Januário entre 2008 e 2014. No profissional, conquistou seu primeiro
título de expressão com o Palmas, ao vencer o Campeonato Tocantinense de 2019.
Agora no Nova Venécia, Cássio encara o desafio de montar a equipe junto com a
diretoria de futebol e afirma que o trabalho de avaliação e logística estão a
todo vapor.

“Estou muito feliz e grato por ter a oportunidade de estar à
frente da comissão técnica do Nova Venécia Futebol Clube. Já estamos
organizando a logística do clube há algum tempo, trabalhando pesado para
organizar os treinamentos, viagens, alojamentos etc. Nós também estamos
avaliando jogadores e já temos alguns nomes bem encaminhados para a disputa da
Série B”.

O treinador tem uma boa perspectiva para o primeiro ano da
equipe no futebol capixaba. Ele também afirma que o carinho com que o clube foi
recebido pela cidade será muito importante para o clube durante a temporada.

“A nossa expectativa é a melhor possível. Tenho visto que as
pessoas em Nova Venécia estão bastante empolgadas com o clube, a cidade abraçou
mesmo a ideia. Isso nos dá ainda mais força e motivação para buscar o acesso,
que é o nosso principal objetivo neste ano”, completou.

Aos 51 anos, Cássio esteve, além da marcante passagem pelo
Vasco, também no Fluminense, Santos, Guarani e Portuguesa. Ele encerrou sua
carreira como jogador em 2002, quando atuou pelo Goiás.

Já no comando
técnico, iniciou sua carreira no time Sub-13 do Vasco, em 2008 e ficou na
equipe até 2014, quando treinava o Sub-17. Por lá, ajudou a lapidar garotos
como Matheus Vital (Corinthians), Douglas Luiz (Aston Villa-ING) e Danilo
Barbosa (Palmeiras). Antes de chegar ao Nova Venécia, dirigiu também Tigres-RJ,
Duque de Caxias-RJ, Madureira, Nova Iguaçu e Palmas, onde foi campeão estadual.

Histórico

Cássio Alves de Barros

Nascimento: 17/01/1970 – Rio de Janeiro-RJ

Idade: 51 anos

Equipes (treinador): Vasco da Gama (base), Madureira (base), Nova Iguaçu (base), Tigres do Brasil (2016), Duque de Caxias (2016), Palmas (2019) e Nova Venécia (2021)

Títulos no profissional: Campeonato Tocantinense (2019) Principais títulos na base: Taça Guanabara, Taça Rio e Carioca Sub-13 (2009), e Taça Guanabara e Carioca Sub-15 (2011)

Equipes (jogador): Vasco da Gama (1989 a 1994 – 1996 e 1997), Fluminense (1995), Santos (1997), Guarani e Portuguesa (1998), Stuttgarter Kickers-ALE (1999 a 2001) e Goiás (2001-2002) Títulos: Campeão Brasileiro (1989), Tricampeão Carioca (1992, 1993 e 1994)

Seleção Brasileira: 1991

Seleção Sub-20: Campeão Sul-Americano Sub-20 (1988) e terceiro colocado no Mundial Sub-20 (1989)