EUA transferem detento de Guantánamo, em primeira repatriação desde inauguração da prisão


O governo Joe Biden repatriou nesta segunda-feira (19) o marroquino Abdul Latif Nasser, que estava preso em Guantánamo, na base naval americana em Cuba. Nasser se tornou o primeiro detento a ser transferido da prisão, que mantém, agora, 39 detentos.

O governo Biden quer impulsionar a iniciativa de Barack Obama de reduzir a população prisional de Guantánamo. O processo foi interrompido por Donald Trump.

Presos em Guantánamo foram classificados no governo George W. Bush como “combatentes ilegais”, categoria inexistente no direito internacional, durante a chamada “guerra ao terror”. 

28 detentos da prisão, tal qual o marroquino, nunca foram acusados formalmente. Dez deles tiveram sua transferência recomendada por uma comissão de autoridades federais. (Com informações do Globo). 


Leia mais

Leia também