Estudante de Mantenópolis é selecionada para Programa Jovens Embaixadores 2021

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil divulgou, na última sexta-feira (07), o resultado do processo seletivo do Programa Jovens Embaixadores 2021. A seleção contou com 10.119 inscrições, concorrendo a apenas 33 vagas. Entre os selecionados está a estudante Safira Jennyfer Sunderhus Ferreira, aluna da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Job Pimentel, de Mantenópolis. 

O resultado inclui nomes de jovens de 24 estados brasileiros e do Distrito Federal, representantes da diversidade presente no Brasil. Em mais um ano atípico, e apesar de todos os esforços, o programa não poderá ser realizado em formato presencial nos Estados Unidos. Em decorrência da pandemia da Covid-19, que vem assolando o mundo, o Programa Jovens Embaixadores de 2021 foi convertido para o formato on-line.

“Me senti muito feliz e honrada por ter sido selecionada para representar o nosso Estado, minha cidade Mantenópolis e minha escola Job Pimentel. Foi uma surpresa e conquista muito grande, visto que o Programa Jovens Embaixadores é super concorrido. Este ano, eles tiveram mais de dez mil candidatos de todo o País e ser Jovem Embaixadora sempre foi meu sonho. Eu lutei e estudei muito para chegar até aqui. Não foi fácil, mas dei o meu melhor sempre. Um dia me perguntaram por que eu estudo tanto. Hoje, posso dizer que é para isso. Para adquirir conhecimento e para que grandes sonhos como esse se tornem realidade. Acredito que a educação pode mudar vidas, porque já está mudando a minha. Agora vejo que valeu a pena cada segundo”, disse.

A estudante falou também sobre o projeto que ela desenvolveu e inscreveu para o Programa. “Sobre o meu projeto de ação voluntária, foi o ‘Youth In Action Brasil’ – Juventude em ação Brasil –  e o objetivo é encorajar jovens de escola pública a serem protagonistas de sua própria história e a sonhar por meio da democratização do acesso ao ensino de idiomas. Isso aconteceu por meio de um clube na minha escola, de tempo integral, em que eu ensinava inglês e conversava com os alunos sobre sonhos, projeto de vida e oportunidades acadêmicas”, contou a aluna.

O programa acontecerá entre os dias 14 de junho e 13 de agosto deste ano, com os Jovens Embaixadores, brasileiros e americanos, se juntando para participar de atividades e oficinas sobre liderança, cultura e comunicação, cidadania digital, mudança social na comunidade em nível global, e para compartilhar, sempre virtualmente, um pouco da história e cultura, por meio das famílias e comunidades.

Além disso, atividades complementares foram implementadas, com o objetivo de consolidar o conhecimento adquirido por meio do intercâmbio de experiências. Serão propostas atividades que visam a estimular o processo criativo e inovador dos participantes, contando com missões, desafios e projetos criativos mão na massa.

Sobre o programa:

Desde 2003, 667 jovens brasileiros já participaram do programa, que tem como parceiros o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), as secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSD, IBM, e também da PLT4Way Inglês e Inclusão Social e da USBEA – Associação de ex-Bolsistas de Programas do Governo Americano. Atualmente, o Programa Jovens Embaixadores é realizado em todos os países do continente americano e conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina. Em razão da pandemia da Covid-19, que atingiu o mundo no último ano e em 2021, o programa acontecerá de forma virtual.


Leia mais

Leia também