Estados Unidos e Japão pedem “paz e estabilidade” no estreito de Taiwan


Os Estados Unidos e o Japão, em declaração conjunta após o encontro entre Joe Biden e Yoshihide Suga, se comprometeram a trabalhar pela “paz e estabilidade em todo o estreito de Taiwan”.

“Ressaltamos a importância da paz e estabilidade em todo o estreito de Taiwan e encorajamos a resolução pacífica dos problemas”, disse o comunicado.

“Estamos determinados a trabalhar juntos para enfrentar os desafios colocados pela China e em questões como o Mar da China Oriental, o Mar da China do Sul, mas também a Coreia do Norte”, disse o presidente estadunidense em entrevista coletiva com o primeiro-ministro japonês no jardim de rosas da Casa Branca. 

“Trabalhamos juntos para demonstrar que as democracias podem vencer os desafios do século XXI, entregando resultados para seu povo”, completou Biden.

Já Suga defendeu uma aliança baseada na “liberdade, democracia e direitos humanos”. Ele acrescentou que os dois países aliados se oporiam a “qualquer tentativa chinesa” de “mudar o status quo pela força ou intimidação nos mares do sul e leste da China”.

O líder japonês acrescentou que foram discutidas “as circunstâncias em Taiwan e na região autônoma de Xinjiang Uigur”, mas não forneceu detalhes, “já que se trata de intercâmbios diplomáticos”.

Tensões EUA-China

Tensões vem crescendo entre os Estados Unidos e a China. Nesta quinta-feira (15), o Exército chinês começou exercícios militares com fogo-vivo na costa sudoeste de Taiwan, em resposta ao encontro de autoridades americanas com oficiais da ilha chinesa. 

A China vem alertando os Estados Unidos e seus aliados a não contestarem a ‘Política da Uma China’, que estabelece que países que mantenham relações diplomáticas com a China reconheçam sua integridade territorial e autoridade sobre territórios como Taiwan.

Em março, está programado um encontro entre Joe Biden e seu contraparte sul-coreano, Moon Jae-in.

As informações foram reportadas no Le Monde e no South China Morning Post.

Leia mais

Leia também