Estado autoriza obras em escolas da Rede Estadual

As Escolas Estaduais de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Profª Maria Olinda de Oliveira Menezes, localizada na Serra, e Elza Lemos Andreatta, em Vitória, passarão por obras nos próximos dias. O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), publicou no Diário Oficial, desta quarta-feira (08), a Ordem de Serviço para as melhorias nas unidades.
 
A EEEFM Profª Maria Olinda de Oliveira Menezes passará por obra de urbanização e construção de quadra poliesportiva. O investimento é de quase R$ 2 milhões. A diretora da unidade, Luciana Marques Fontes, explicou a atual situação da escola.
 
“Em 2015 a cobertura da quadra foi retirada por causa da corrosão e, com isso, ficou inviável o uso. O espaço é tão grande e não estávamos podendo usufruir de acordo com a perspectiva escolar. Nós aguardamos essa obra com muita ansiedade. A comunidade toda está muito feliz”, contou.
 
A diretora falou ainda sobre como essas intervenções impactam para a melhoria do ambiente escolar. “O aluno, quando tem uma área de lazer, de convivência, que possa proporcionar para ele prazer em estar ali, com certeza vai render muito mais na aprendizagem. Gostaria de deixar registrado aqui a minha gratidão por essa gestão. Por anos fomos ignorados, mas quando essa gestão assumiu olhou com outros olhos nossa escola e viu que nossos alunos são merecedores dessa atenção”, completou.
 

Já a EEEFM Elza Lemos Andreatta passará por reforma no prédio, no valor total de R$ 1.102.798,69. O subsecretário de Suporte à Educação da Sedu, Aurélio Meneguelli, ressaltou a importância da continuidade do programa de reestruturação e inovação da Rede.

“Mesmo nesse momento de pandemia, eu vejo como necessário dar continuidade às intervenções escolares, até para movimentar um pouco mais o comércio e a indústria. Ao mesmo tempo traz uma expectativa de melhoria, de esperança e autoestima para as pessoas nesse momento difícil de isolamento, em especial aos nossos alunos, professores e comunidade escolar”, afirmou o subsecretário. 

As obras vão seguir todas as orientações do Governo do Estado e da Organização Mundial da Saúde (OMS) para garantir a segurança de trabalhadores e demais pessoas envolvidas nos projetos e evitar a propagação do novo Coronavírus, sem aglomerações e mantendo as condições de segurança e limpeza para a prevenção ao contágio. 
 

Leia mais

Idaf reabre processo seletivo para contratação de médicos-veterinários

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) publicou, nesta terça-feira (05), no...

Qualidade da merenda escolar depende de ações pontuais das prefeituras, afirma presidente da Undime

Em entrevista exclusiva ao Brasil 61, o presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Luiz Miguel Martins Garcia, afirmou que a...

Morador de Ecoporanga é monitorado por conta da Pandemia do Coronavírus

Moradores da cidade de Ecoporanga também estão assustados com a Pandemia do Corona Vírus, a Secretaria...

OTAN responsabiliza Rússia por fim de tratado nuclear

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) responsabilizou a Rússia pelo fim do tratado de eliminação de mísseis de curto e médio alcance...

Leia também

Bandidos trocam tiros com a polícia em Nova Venécia

Uma equipe da Força Tática do 2º Batalhão realizava patrulhamento tático no bairro Altoé  em Nova Venécia na tarde da última segunda-feira (21), quando...

Espírito Santo chega a 3.452 mortes e 116.537 curados em 126.606 casos de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até esta quarta-feira (23), 3.452 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 126.606. O índice de letalidade...

Propaganda eleitoral para candidatos municipais começa dia 27 de setembro

Com a promulgação da Emenda Constitucional (EC) nº 107/2020, que adia eleições municipais para 15 (1º turno) e 29 de novembro (2º turno), ficou...