Espírito Santo registrou 90 assassinatos no mês de outubro • SiteBarra

Espírito Santo registrou 90 assassinatos no mês de outubro

 

Ao todo, 90 assassinatos foram registrados no Espírito Santo durante o mês de outubro de 2021, sendo que 42 deles aconteceram na Região Metropolitana da Grande Vitória e os outros 48 nas demais regiões.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), este é o segundo menor número de homicídios já registrados em um mês de outubro ao longo de 25 anos, ficando atrás apenas de outubro de 2019 e de 2020, quando 89 mortes violentas foram computadas em ambos os anos.

Durante os dez primeiros meses de 2021, o estado contabilizou um total de 908 mortes. Na comparação comparação com o mesmo período do ano passado, quando 921 mortes foram registradas, a redução é de 1,4%. Segundo a Sesp, este também é o menor número da série histórica de homicídios do estado, que foi iniciada em 1996.

Do total de 908 mortes, 442 ocorreram na Região Metropolitana da Grande Vitória. Na comparação com os primeiros dez meses de 2021, quando 525 mortes foram registradas, a redução é de 15,8%.

A região serrana que, no começo do ano, chegou a apresentar alta de 33% nos quatro primeiros meses, terminou o mês de outubro com dois registros a menos, equivalente uma queda de 4% nos indicadores.

No entanto, outras regiões apresentaram aumento de registros. A principal delas é a Noroeste, onde o aumento foi de 37%. Na sequência, estão as regiões Norte e Sul, com altas de 12,4% e 15,4%, respectivamente.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, que coordena o eixo policial do programa Estado Presente em Defesa da Vida, principal política de segurança pública do Espírito Santo, falou sobre o resultado.

“Nossa análise mostra que tivemos sete dias sem homicídios no Espírito Santo no mês de outubro, além de 34% desses 90 homicídios registrados terem sido crimes de proximidade, como feminicídios, brigas familiares, entre outros. Um fato que podemos citar, por exemplo, é a chacina de Vila Velha, que foi um crime premeditado e insano, que a ação policial jamais poderia impedir, por um motivo banal. Além dele, temos o caso do adolescente de 16 anos que matou duas crianças em São Gabriel da Palha. Todos os dois casos já elucidados com os autores presos. Nossas forças de segurança, sob liderança direta do governador Renato Casagrande, trabalham de maneira incessante para alcançar bons resultados, não à toa estamos com o segundo menor número de assassinatos no Estado desde 1996”, destacou Ramalho.

Veja também

Jamila Ferreira e Erivelton Malacarne são assassinados em Águia Branca

Caminhoneira é assassinada a facadas no Espírito Santo

Duas crianças são assassinadas com requintes de crueldade em São Gabriel da Palha

Idoso é assassinado a tiros no Norte do Espírito Santo