Espírito Santo receberá mais 24 mil doses da vacina Pfizer para crianças a partir dos 9 anos

Compartilhe

 

O Espírito Santo vai receber mais 24 mil doses da vacina Pfizer para crianças. O anúncio foi feito pelo secretário Estadual de Saúde, Nésio Fernandes, durante coletiva na tarde desta segunda-feira (17).

De acordo com o secretário, a chegada dos imunizantes está prevista para a próxima horas.

As novas doses serão destinadas à imunização de crianças a partir de nove anos.

“Os quantitativos serão suficientes para ampliar a faixa etária da aplicação nas crianças. Estamos autorizando a aplicação nas crianças com faixa de 11 anos e pretendemos ampliar para as faixas de 9 e 10 anos com a chegada do próximo lote”, disse.

Outras 24 mil doses foram recebidas na última sexta-feira (14) e a vacinação de crianças teve início no último sábado (15).

Um menino indígena de seis anos, Arthur da Silva Marinho, foi a primeira criança vacinada no estado.

Atualmente, o Espírito Santo possui 390 mil crianças acima de cinco anos aptas para serem vacinadas com a Pfizer. Caso a Anvisa autorize o uso da CoronaVac, o número de crianças a serem vacinadas pode ser ainda maior.

“Aguardamos com ansiedade a aprovação nos próximos dias por parte da Anvisa. Isso permitirá que os estados brasileiros avancem na cobertura vacinal de crianças acima de três anos. Entendemos que a vacinação das crianças é sem dúvida nenhuma a principal medida para garantir um retorno no contexto da circulação da variante ômicron com um menor impacto na continuidade do início do curso escolar sem interrupções e menor impacto nas internações das crianças”, disse.

Sobre a exigência de vacinação de crianças e adolescentes contra a Covid-19 para a matrícula escolar, o secretário Nésio Fernandes disse que ainda não há uma definição.

Segundo ele, o Conselho Nacional de Secretários de Estado da Saúde espera que o Ministério da Saúde inclua a vacinação desses grupos dentro do Plano Nacional de Imunização e no Calendário de Vacinação de Crianças e Adolescentes.

Dessa forma, a decisão passará a valer para todos os país.

“Aguardamos a definição para poder, junto aos estados e municípios, avaliar a aplicação de diversas legislações que vinculam as vacinas do calendário nacional a rotina escolar, explicou.

 

Secretário Estadual de Saúde, Nésio Fernandes em coletiva na tarde desta segunda-feira (17) — Foto: Divulgação/Sesa

Secretário Estadual de Saúde, Nésio Fernandes em coletiva na tarde desta segunda-feira (17) — Foto: Divulgação/Sesa

 

Arthur da Silva Marinho, de seis anos, foi a primeira criança vacinada contra Covid-19 no ES — Foto: Carol Monteiro/TV Gazeta
Arthur da Silva Marinho, de seis anos, foi a primeira criança vacinada contra Covid-19 no ES — Foto: Carol Monteiro/TV Gazeta

Leia também

Mulher morre em capotamento de carro na BR-259, em Baixo Guandu

  Por Fabiana Oliveira, g1 ES Uma mulher de 35 anos morreu depois que o carro em que estava capotou...

PM de Barra de São Francisco prende homem com pistola e munições

Policiais Militares do 11º Batalhão prendem indivíduo que portava arma de fogo próximo a uma igreja no Córrego...

Alunos de 2º ao 5º ano da rede municipal de ensino francisquense sendo avaliados

Desde o início desta semana, as escolas da rede municipal de ensino estão realizando provas para avaliação dos...

Caminhoneiros anunciam paralisação em protesto contra reajuste do diesel

Caminhoneiros autônomos do Espírito Santo devem iniciar uma paralisação a partir das 0h01 desta quarta-feira (11), em protesto...

ES: homem é preso após ameaçar ex e quebrar carro do atual namorado dela

Um homem de 35 anos teve o carro quebrado pelo ex-namorado da companheira, na noite desta terça-feira (10),...

Festa esportiva no Giral, em Jaguaré, atrai grande número de pessoas

  A 7ª Festa Esportiva da Comunidade do Giral atraiu um grande número de participantes durante o final de...