Espírito Santo é nota 100 em transparência dos gastos para combate ao novo Coronavírus

O Espírito Santo obteve nota máxima na segunda avaliação da transparência das informações sobre contratações emergenciais promovida pela Organização Não-Governamental (ONG) Transparência Internacional Brasil. O Estado – que, no primeiro estudo, divulgado em maio, obteve o 1º lugar no País, com 97,4 pontos – foi o único no País a obter 100 pontos, passando a atender a todos os critérios de transparência estabelecidos pela ONG e se mantendo no topo do ranking.

Os dados foram divulgados na manhã desta segunda-feira (29). O ranking completo pode ser acessado no endereço  https://transparenciainternacional.org.br/ranking/.  O estudo da Transparência Internacional Brasil avalia todos os estados e as capitais brasileiras, e mede a capacidade do poder público de prover acesso pleno, ágil e simples aos dados de compras emergenciais em resposta à Covid-19.

Com o resultado, o Espírito Santo se consolida como exemplo de boas práticas em transparência pública e abertura de dados para todo o País. A nota máxima foi alcançada por meio do trabalho dos auditores do Estado da Secretaria de Controle e Transparência (Secont), em conjunto com o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Prodest); a Superintendência Estadual de Comunicação Social (Secom) e todos os órgãos e entidades estaduais que disponibilizaram os dados para publicação no portal oficial sobre o novo Coronavírus no Estado: coronavirus.es.gov.br

Os critérios de transparência avaliados pela ONG são baseados em exemplos internacionais de boas práticas no uso dos recursos públicos. A análise abrange quatro dimensões: informações disponíveis; formato das informações; legislação; e controle social.  Cada uma é separada em diversas categorias, que recebem pontuações de acordo com pesos de valorações pré-definidas.

 “Desde o início da pandemia o Espírito Santo busca ser referência no país em divulgação de dados. Com a nova avaliação, atingimos todos os requisitos das melhores práticas globais em transparência, que guiaram as grandes nações para vencer a pandemia”, ressalta o secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata.

 Sobre o ranking

Para elaborar o ranking a Transparência Internacional avalia os portais oficiais e os sites criados para dar transparência aos dados da Covid-19 de 26 governos estaduais, do Distrito Federal e de 26 capitais, para verificar a apresentação de informações sobre contratações emergenciais. Também são analisadas as comunicações realizadas por meio das redes sociais.

O resultado é uma pontuação de 0 a 100, em que os mais transparentes são aqueles que mais se aproximam da nota máxima. Na metodologia da avaliação são atribuídos pontos a quesitos considerados essenciais, como a divulgação dos nomes das empresas contratadas; o valor total e unitário gasto; e a divulgação da íntegra do processo de compra, entre outros itens.

Além disso, a Transparência Internacional analisa o formato de divulgação e a disponibilização de dados abertos, que permitem o download e filtragem das informações. O controle social também foi avaliado: os Estados que divulgam e facilitam o acesso do cidadão à Ouvidoria ganharam pontuação maior.

 

Leia mais

Semana do Comerciante tem programação online com capacitações gratuitas

O Sebrae/ES, em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Espírito Santo (FCDL-ES), preparou uma programação especial para comemorar o Dia...

Ministério da Infraestrutura inicia estudo para concessão de 5 mil km de rodovias federais

O Ministério da Infraestrutura realizou a primeira reunião com as consultorias responsáveis por realizar os estudos para a concessão de 5.348 km de rodovias...

Moto roubada em Vila Pavão é recuperada pela PM em Nova Venécia

Imagem ilustrativa Uma motocicleta com restrição de furto/roubo foi...

Segunda etapa do Inquérito Sorológico tem início nesta quarta-feira (27)

Desta quarta-feira (27) até a sexta-feira (29), a Secretaria da Saúde (Sesa) vai realizar a segunda...

Leia também

Penha Cimadon é a entrevistada do Dipapo desta quinta-feira (01)

A próxima edição do programa Dipapo, projeto idealizado pela empresária, Dani Ferrari, juntamente com a Image Produções e a Rede Notícia, vai ao ar...

Justiça impede retomada das aulas presenciais nas escolas particulares do Espírito Santo

Autorizadas pelo Governo do Estado a retomar suas atividades presenciais a partir do dia 5 de outubro, as escolas particulares do Espírito Santo estão...

Disputa entre “Boca de baleia” e “Jacy Obama” vira piada em Água Doce do Norte

Água Doce do Norte viverá esse ano uma das políticas mais hilárias dos últimos anos. Entre os candidatos estão dois políticos que protagonizaram grandes...

Juiz Eleitoral de Mantena homologa acordo proibindo comícios, caminhadas, passeatas e reuniões

Em reunião no Cartório Eleitoral de Mantena, na última terça-feira, (29), com a presença do  Juiz Eleitoral da 169ª Zona Eleitoral de Mantena, Thiago...