Espírito Santo chega a 4.037 mortes e 160.108 curados com 172.924 casos confirmados de Covid-19

Reprodução em 3D do modelo do novo coronavírus (Sars-CoV-2) criada pela Visual Science. Dentro do verde mais claro, as bolinhas vermelhas representam o ‘centro’ do vírus, o genoma de RNA; as bolinhas verdes são proteínas ‘especiais’, que protegem esse material genético. Ao redor do verde, o vermelho mais fraco é a ‘casca’, feita de uma membrana retirada da célula hospedeira. O vermelho mais vivo são as proteínas ‘matrizes’ codificadas pelo vírus. As ‘pontas’ que saem do vírus são as ‘lanças de proteínas’, que o vírus usa para se conectar às células hospedeiras e infectá-las. — Foto: Reprodução/Visual Science

O Espírito Santo registrou, até esta terça-feira (17), 4.037 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 172.924. O índice de letalidade da doença no Estado é de 2,3%. Os dados foram divulgados na plataforma Painel Covid-19, do Governo do Estado.

Na comparação com os dados divulgados nesta segunda-feira (16), o aumento é de sete mortes e 1.687 novos casos da doença.

As novas confirmações não significam, necessariamente, que as mortes e casos aconteceram de um dia para o outro, mas que foram contabilizadas no sistema neste período.

Até o momento, 160.108 pessoas estão curadas e 577.133 testes foram feitos. Além disso, há 147.999 casos suspeitos e outros 289.789 foram descartados.

Vale ressaltar que a confirmação de casos é lançada no sistema utilizado pelo Governo do ES no dia referente à coleta da amostra do paciente, enquanto a divulgação para o público externo ocorre apenas no dia que sai o resultado positivo para a doença.

O sistema usado pelo Espírito Santo para atualizar os números também contabiliza pacientes residentes em outros estados que fizeram a testagem em cidades capixabas.

Em todo o Espírito Santo, a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 está em 80,72% nesta terça. Ao todo, 335 pacientes estão internados em leitos de UTI e 311 em leitos de enfermaria.

Leia mais

Leia também