Espírito Santo autoriza retorno de aulas presenciais em cidades em risco alto para Covid-19

 

 

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou que as escolas de ensino Infantil e Fundamental I poderão retomar as aulas presenciais mesmo em cidades de alto risco para Covid-19. A medida entra em vigor na segunda-feira (10) .

O anúncio foi feito durante apresentação do novo Mapa de Risco, na tarde desta sexta-feira (7). No Espírito Santo, 24 cidades continuam em risco alto, 42 estão em risco moderado e 12 foram classificadas com risco baixo para a transmissão de Covid-19.

As aulas presenciais foram suspensas em março. Para as cidades em risco baixo e moderado, a realização de aulas presenciais já estava permitida.

De acordo com o Casagrande, a decisão foi tomada em um momento em que a transmissão e os óbitos pela doença estão em queda.

“Os alunos dessa faixa etária representam apenas 1,32% do total de casos. Um parecer da Sociedade de Infectologia do Espírito Santo mostra também que nesta faixa (até 10 anos) as crianças se contaminam menos e transmitem menos a doença”, informou o governador.

Dessa forma, está permitido o funcionamento de escolas de ensino Infantil e do primeiro ciclo do Ensino Fundamental (até o 5º ano) em municípios com risco baixo, moderado e alto. Nenhum município do Espírito Santo está em risco extremo para Covid-19.

As escolas, segundo o governador, devem respeitar a ocupação de 50% das salas de aula.

Já para as escolas de ensino Fundamental II, Médio, Superior e Técnico, as aulas presenciais em cidades com risco alto para Covid-19 continuam suspensas. As unidades de ensino das cidades nessa classificação de risco estão autorizadas apenas a fazer atendimentos individuais com os estudantes.

A Secretaria Estadual de Educação (Sedu-ES) informou que para as unidades de ensino da Rede Estadual, será feito um anúncio na próxima semana com as regras que serão aplicadas.

 


Leia mais

Leia também