Especialista defende uso da tecnologia com foco na população

Compartilhe

O uso de tecnologia por governos deve ter foco na população, afirma o diretor de sistemas e inovação do Instituto Cidades Inteligentes, Maurício Pimentel. A organização social, fundada em 1998, oferece soluções em tecnologia para entidades públicas e prefeituras, como as de Curitiba, capital do Paraná, e Londrina, no mesmo estado, e Osasco, em São Paulo.

“Reposicionar a ideia de entrega de tecnologia para o governo como uma tecnologia que só atende a burocracia, só atende o processo, a execução do serviço público, por uma tecnologia que olha para o cidadão”, disse Pimentel, em entrevista à Agência Brasil,no estande do instituto na quarta edição do Viasoft Connect, evento de inovação e gestão.

De acordo com Pimentel, no Brasil, as soluções tecnológicas, como automação e digitalização de processos ainda estão mais focadas em facilitar a gestão pública do que a vida das pessoas. “Se você der uma circulada nos municípios do Brasil,vai ver que quase sempre a tecnologia atende bastante bem o burocrático, mas não o cidadão.”

Para o especialista, essa visão precisa ser mudada. “Um sistema que controla a execução orçamentária, que é uma coisa muito interna do governo, precisa gerar na ponta benefício para o cidadão”, enfatiza. Para Pimentel, é fundamental que tarefas como pagamento de impostos, guias para exames médicos e outros serviços de uso direto da população sejam facilitados com as soluções tecnológicas.

Apesar de ressaltar a necessidade de inovações que atendam a realidade brasileira, ele cita o exemplo da Estônia, país do Leste Europeu que conseguiu facilitar a vida da população em diversos trâmites burocráticos. “Conseguiram automatizar diversos processos, desde o atendimento para uma licença até a abertura de empresas.”

Desigualdades

Além disso, o diretor do Instituto Cidades Inteligentes afirma que é preciso enfrentar as desigualdades sociais com o uso dos dispositivos digitais. “O município não é uma startup, o município não pode determinar target [público-alvo]. O município tem que atender o tempo todo a todos.”

Por isso, Pimentel destaca a necessidade de promover a formação de pessoas com pouca afinidade com as tecnologias surgidas nos últimos anos, como a população mais idosa. “O novo analfabeto, que é o analfabeto digital, é letrado, tem uma profissão, carreira de sucesso, mas não se encontra com a tecnologia”, exemplifica.

Superado esse desafio, ele considera possível levar soluções de forma mais democrática às partes mais pobres das grandes cidades. “A mobilidade é um caminho de solução, a tecnologia entregue pelo celular. Não importa onde o cidadão mora, ele tem um celular e, se tiver celular, ele tem acesso. Para com a ideia de que só tem serviço público, onde tem grandes estruturas físicas, porque isso custa muito dinheiro e cria uma barreira de expansão”, diz.

 *O repórter viajou a convite da organização do Viasoft Connect.

Especialista defende uso da tecnologia com foco na população

Leia também

Mostra 3M de Arte leva ao Parque Ibirapuera exposições ao ar livre

Começa neste sábado (25), a 11ª da Mostra 3M de Arte com produções expostas ao ar livre no...

Mônica Martelli recebe alta após quatro dias internada no RS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A atriz Mônica Martelli, de 44 anos, teve alta do hospital Santa Casa...

Soluções para uso sustentável da água e energia já são implementadas

O primeiro Simpósio Global de Soluções Sustentáveis para Água e Energia, realizado na semana passada em Foz do...

Luva de Pedreiro desabafa, anuncia pausa nos vídeos e preocupa fãs

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Iran Ferreira, mais conhecido como Luva de Pedreiro nas redes sociais, deixou seus...

Polícia Civil de Colatina prende dois suspeitos e apreende armas e munições no município

  Policiais civis da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Colatina prenderam dois suspeitos e apreenderam armas e...

Motorista bate em moto, destrói poste, foge e deixa Água Doce do Norte no escuro

Um acidente deixou a cidade de Água Doce do Norte, no Norte do Espírito Santo, no escuro na noite deste...

PM prende duas pessoas e recupera sacas de café furtadas em Águia Branca

  Nesta sexta feira (24) foram registrados dois boletins de furto de sacas de café maduro no município de...