Esgoto é jogado sem tratamento em lagoa onde centenas de peixes apareceram mortos

Lagoa do Meio fica em Linhares, no Norte do Espírito Santo. Amostras foram enviadas para análise para saber a causa da morte dos animais.

Por Eduardo Dias, G1 ES e TV Gazeta

O esgoto de um presídio é lançado sem tratamento diretamente na Lagoa do Meio, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. No mesmo local, no início desta semana, centenas de peixes foram encontrados mortos.

O secretário de Meio Ambiente do município, Fabrício Borgui, confirmou que o esgoto vem da Penitenciária Regional de Linhares (PRL), no bairro Jardim Laguna, que abriga presos dos regimes provisório e semiaberto e fica bem ao lado da lagoa.

“A PRL do bairro Jardim Laguna é um dos contribuintes com esgoto para essa lagoa. O esgoto é sem tratamento, ele é coletado dentro da unidade e descartado direto na lagoa”, disse.

O secretário explicou que o município já está em diálogo com o Governo do Estado e com o Ministério Público para encontrar uma solução para o problema. Mesmo sendo uma unidade prisional antiga, Borgui considera que é inadmissível que esse tipo de situação aconteça.

“É um mau exemplo. Tudo bem que é uma unidade antiga, mas é uma unidade que precisa ser avaliada e revista, sobretudo nessa parte do esgoto. Precisamos fazer a ligação e o tratamento desse esgoto”, contou.

A obra que será feita vai ligar as tubulações de esgoto do presídio à rede do bairro em que ele está localizado, tirando o esgoto da lagoa.

“O MP foi acionado pelos órgãos ambientais e, agora, está formalizando um termo de ajustamento de conduta com o Governo do Estado para resolução desse problema de lançamento de esgoto. O governo deve construir um emissário, uma tubulação, para fazer a ligação na rede de esgoto do bairro Jardim Laguna”, explicou.

Ainda não está confirmado se o que provocou a morte de tantos peixes naquela lagoa foi o lançamento de esgoto sem tratamento vindo do presídio.

Além da possível contaminação da água com esgoto ou algum produto químico, outra causa para a morte dos peixes pode ter sido a mudança brusca de temperatura no movimento das águas. Esse fenômeno diminui a quantidade de oxigênio na superfície da lagoa.

Amostras da água e de alguns peixes mortos estão sendo analisadas em laboratório para descobrir a real causa da morte. A previsão é de que o resultado saia em até 30 dias.

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), responsável pelo sistema prisional, disse que adota padrões de controle de tratamento de dejetos em todas as unidades prisionais.

A secretaria disse também que tem planos de construir estações de tratamentos de esgoto nos complexos prisionais de Linhares.

Esgoto de presídio em Linhares, ES, é lançado sem tratamento na Lagoa do Meio

 

Leia mais

UNA-SUS oferece curso online gratuito de gestão da clínica na Atenção Básica

A Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) está oferecendo um curso online de aprimoramento para profissionais de saúde na área...

Paulo Márcio estará curado do coronavírus ainda neste final de semana

O site Portal ADN entrou em contato com a primeira dama de Água Doce do Norte,...

Sedu realiza 1ª Seminário da EJA Profissional

A Secretaria da Educação (Sedu) já tem data programada para o 1º Seminário da Educação de...

Leia também

INDICADORES: Semana termina (30) com queda no café arábica

A saca de 60 quilos do café arábica termina a semana (30) com queda de 0,34% no preço e é vendida a R$ 536,73...

MP em discussão no Congresso Nacional pode aumentar volume de crédito oferecido a empresários paranaenses

A obtenção de crédito por empreendedores brasileiros tem se tornado um entrave durante a crise financeira ocasionada pela pandemia. No Paraná, segundo pesquisa do...

Leilão do saneamento básico em Alagoas deve aumentar percentual da população que recebe atendimento de coleta de esgoto

O serviço de saneamento básico deve ter um novo cenário na região metropolitana de Maceió nos próximos anos. Atualmente, segundo dados do Sistema Nacional...