Escolas poderão funcionar com atendimento individual em 39 cidades de risco alto no ES

A partir da semana que vem, as escolas localizadas nos 39 municípios classificados no risco alto para a covid-19, conforme o Mapa de Risco divulgado pelo governo do Estado, poderão dar atendimento individualizado aos alunos, desde que haja agendamento prévio.

A mudança foi anunciada na noite desta sexta-feira (16) pelo governador Renato Casagrande, durante pronunciamento ao vivo. Atualmente, o atendimento presencial não é permitido nas escolas das cidades em risco alto e extremo.

Nos 30 municípios que estarão no risco extremo para a covid-19, na semana que vem, continua a proibição das aulas presenciais. Elas podem acontecer somente de forma remota.

Já nas nove cidades em risco moderado, as aulas presenciais podem acontecer, desde que seguidos os protocolos estabelecidos pelo governo estadual.

Confira a classificação das cidades: 

RISCO ALTO

Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Conceição do Castelo, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Ibatiba, Ibiraçu, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Mantenópolis, Marilândia, Mucurici, Nova Venécia, Piúma, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, São Roque do Canaã, Sooretama, Venda Nova do Imigrante e Vila Valério.

RISCO EXTREMO

Águia Branca, Anchieta, Barra de São Francisco, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Domingos Martins, Ecoporanga, Guarapari, João Neiva, Linhares, Marataízes, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Muniz Freire, Muqui, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Santa Teresa, São José do Calçado, Serra, Vargem Alta, Viana, Vila Velha e Vitória.

RISCO MODERADO 

Brejetuba, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Ibitirama, Iconha, Itarana, Laranja da Terra e Vila Pavão.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também