Escolas de samba do carnaval de Vitória desistem de fazer desfiles em 2021

 

Sambão do Povo, palco do carnaval de Vitória

Sambão do Povo, palco do carnaval de Vitória

Em comum acordo, as 19 escolas de samba do carnaval de Vitória decidiram que não haverá desfiles em 2021.

De acordo com o presidente da Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesge), Edson Neto, a decisão foi tomada durante uma reunião plenária realizada na noite desta quinta-feira (12) na sede da Liga, em Jucutuquara, em Vitória.

Havia uma perspectiva de que os desfiles acontecessem no mês de julho deste ano, caso a vacinação contra a Covid-19 avançasse até março. No entanto, segundo Edson Neto, como o processo de vacinação tem ocorrido de forma mais lenta do que o esperado, a realização dos desfiles torna-se inviável.

“Nós não teríamos tempo hábil para prepararmos os desfiles. Complica para a gente porque é um ano jogado fora, mas precisamos primeiro pensar na saúde para depois pensar na folia”, disse o presidente da Liesge.

Além dos desfiles, os blocos de carnaval também não irão para as ruas este ano, já que a Prefeitura de Vitória publicou um decreto proibindo a realização de quaisquer eventos durante o carnaval.

De acordo com a publicação, o descumprimento das normas, criadas para evitar a disseminação da Covid-19, pode resultar em punições como multas, interdição de estabelecimentos e apreensão de mercadorias.

Além disso, blocos que desrespeitarem tais regras poderão ser impedidos pela administração municipal de desfilar no ano que vem.

A prefeitura está organizando a 1ª edição do carnaval on-line da capital capixaba. A programação começa nesta sexta (12) e vai até domingo (14). Ao longo dos três dias, serão contemplados vários estilos musicais com a apresentação de 22 bandas.

 

Leia mais

Leia também