ES Solidário: webinário esclarece principais dúvidas sobre ações do Programa

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, promoveu, nesta quinta-feira (22), um webinário com o objetivo de contextualizar e elucidar as principais informações sobre o pacote de medidas de proteção social dentro do Programa ES Solidário, do Governo do Estado, visando dar assistência à população mais necessitada no período de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo.

O “Fala Capixaba” teve a participação das secretárias de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo. Durante o encontro virtual, Jacqueline Moraes detalhou as principais ações do Governo do Estado a área de proteção social do ES Solidário e fez perguntas às participantes sobre o tema.

Foram abordadas as iniciativas, como o planejamento de distribuição do Cartão ES Solidário; doação de cestas básicas para famílias carentes; medidas de apoio aos empreendedores da economia solidária e do artesanato; aquisição de alimentos da agricultura familiar; aporte financeiro extraordinário para entidades assistenciais; parcelamento das contas de água; abertura de cursos de capacitação e qualificação profissional; além do lançamento do programa CNH Social 2021, que vai disponibilizar oito mil carteiras para moradores de todo Estado.

Durante a apresentação, a secretária Nara Borgo destacou que, desde o início do ES Solidário, já foram entregues mais de 200 toneladas de alimentos, além de outros donativos, como mais de seis mil kits de higiene e limpeza. O programa foi criado em abril de 2020, em virtude da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Cada alimento e donativo que é doado ao programa ES Solidário é importante, assim como as doações em dinheiro, pois são revertidas para a compra das cestas e kits. Foi dessa forma que também foram adquiridas as cestas verdes, possibilitando ajudar as famílias da agricultura familiar capixaba. Agradecemos a contribuição da sociedade civil e das empresas, em parceria com o Governo do Estado, para que as pessoas que mais precisam consigam continuar enfrentando esse momento tão difícil com mais dignidade”, afirmou a secretária de Direitos Humanos.

A secretária de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, Cyntia Figueira Grillo, reiterou a importância do Cartão ES Solidário, que vai beneficiar as famílias mais vulneráveis com um auxílio financeiro de R$ 600, divididos em três parcelas. Devem ser contempladas até 87.612 famílias capixabas. “Isso fortalece o compromisso com a transparência do Governo do Estado junto à sociedade capixaba, garantindo que o recurso chegue ao seu destino e seja bem utilizado”, garantiu.

Cyntia Figueira Grillo frisou ainda o trabalho em conjunto das equipes das várias Pastas e Órgãos do Governo do Estado. “Todos sabem da importância que esse benefício representa para milhares de famílias capixabas. Sabemos que é essa responsabilidade, como servidores públicos, que nos permitirá fazer essa entrega com celeridade, de maneira organizada e pensando na segurança de todos”, afirmou a secretária, citando que a entrega dos primeiros cartões já acontece na próxima segunda-feira (26). 

Cartão ES Solidário

O Cartão ES Solidário será destinado às famílias que já estão na base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), caracterizadas pelo recorte de renda de extrema pobreza (renda de até R$ 147 por pessoa) e que incluem crianças de 0 a 6 anos no grupo familiar; idosos com mais de 60 anos; ou com pessoas com deficiência. É necessário que os cadastros estejam atualizados nos últimos dois anos.

ES Solidário em números

O programa ES Solidário atende às demandas, por meio de solicitações feitas por municípios, coletivos, associações e igrejas com ações sociais, que direcionam as doações de donativos às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Os repasses são feitos em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar (CBMES), responsável pela logística de entrega.

Desde o início do programa, foram arrecadadas e distribuídas mais de 20 mil cestas básicas e verdes; mais de 6,1 mil kits de higiene e limpeza; 463 pacotes de fraldas geriátricas; 295 frascos de álcool 70%; 23.430 máscaras de proteção, além de 6.305 itens avulsos. No total, até o momento, famílias de 49 cidades capixabas foram atendidas pela iniciativa.

Como doar

As cestas básicas, kits de higiene pessoal e de limpeza podem ser entregues em uma das 17 bases operacionais do Corpo de Bombeiros Militar, em todo o Estado ou nas unidades da Defesa Civil nos municípios. O programa ainda tem uma parceria com o PicPay. Para fazer sua contribuição, basta baixar o aplicativo, procurar o @essolidario e fazer sua doação na quantia que desejar.

É possível também fazer doações em dinheiro, por meio de Documento Único de Arrecadação (DUA) ou depósito em conta bancária do Governo do Estado, além da doação de serviços comuns, bens móveis ou imóveis, licenças de softwares e o comodato em favor de órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, enquanto perdurar o Estado de Emergência em Saúde Pública.

Saiba mais informações sobre como doar em: https://coronavirus.es.gov.br/ESsolidario.

Sobre o AlimentarES

O Programa AlimentarES tem por objetivo disponibilizar alimentos saudáveis na mesa de quem precisa e, ao mesmo tempo, gerar renda para os agricultores de base familiar do Espírito Santo. As cestas verdes são complementares aos donativos distribuídos pelo Programa ES Solidário, contribuindo para a melhoria da qualidade nutricional das cestas já ofertadas.

Estruturada de forma intersetorial, a atuação do AlimentarES vai beneficiar as famílias contempladas com as cestas de alimentos e também os agricultores que atuarão como fornecedores. Além disso, o projeto visa a conscientizar os capixabas sobre a importância do consumo de alimentos saudáveis, evidenciando os valores nutricionais dos alimentos e os benefícios à saúde.

Leia mais

Leia também