ES Solidário entrega doação de 1.100 máscaras para atender mulheres em situação de violência

O programa ES Solidário fez o repasse de uma doação de 1.100 máscaras laváveis, na tarde dessa terça-feira (15), na Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, em Vitória. Todo o material será entregue às mulheres em situação de violência que procurarem as Delegacias da Mulher e também às servidoras desses locais.

Doadas ao ES Solidário pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), as máscaras foram confeccionadas por mulheres em situação de vulnerabilidade social, por meio do projeto “Heróis Usam Máscara”.

“Esta é uma ação voltada para as mulheres desde o início, com a oportunidade de trabalho de mulheres em situação de vulnerabilidade, por meio da costura. Agora essas máscaras vão ser disponibilizadas às mulheres em situação de violência que procurarem as delegacias do nosso Estado como forma de proteção. É gratificante ter o ES Solidário fazendo essa conexão”, declarou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, que coordena o ES Solidário.

A subsecretária de Estado de Políticas para as Mulheres, Juliane Barroso, participou do momento da entrega das máscaras na Divisão Especializada, junto com o subsecretário de Estado de Direitos Humanos, Renan Cadais.

“Essa entrega reafirma o compromisso de cuidado e de proteção das mulheres, à medida que oferece condições de segurança tanto para as cidadãs que demandam o serviço quanto para as operadoras. Apesar da flexibilização, a necessidade de utilização constante de máscaras, o asseio das mãos e o uso de álcool em gel permanecem por tempo indeterminado. Sendo assim, fornecer condições para promoção do cuidado é determinante para contenção do contágio”, explicou Juliane Barroso.

A delegada-chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, Cláudia Dematté, aproveitou o momento da entrega para reforçar a importância de se registrar casos de violência junto à Polícia Civil.

“Sabemos que neste período de pandemia, os números de casos de violência doméstica e familiar contra a mulher aumentaram. Infelizmente, nem todos os casos são registrados, podendo existir uma subnotificação. Por isso, a Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, reforça a importância de orientar as mulheres em situação de violência que denunciem, façam o registro da ocorrência, seja presencialmente ou por meio da Delegacia On-line”, enfatizou a delegada Cláudia Dematté.

Sobre o projeto

O ES Solidário recebeu uma doação de quase 70 mil máscaras laváveis confeccionadas por costureiras ligadas ao projeto “Heróis Usam Máscaras”, coordenado pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME), no mês de agosto.

O projeto também é fruto de parceria entre os bancos Bradesco, Itaú e Santander. O objetivo é ajudar no combate à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Por meio do “Heróis Usam Máscaras”, costureiras que, em outros locais recebiam, em média, R$ 0,30 por máscara confeccionada, estão recebendo R$ 1,34 por unidade.

Por meio do programa, além da doação para a Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, as máscaras estão sendo repassadas para mulheres do campo, pessoas em situação de rua, quilombolas, indígenas, ciganos, Instituições de Longa Permanência para Pessoas Idosas (ILPI’s), Residências Inclusivas (RI’s), entre outros.

A importante doação chegou ao ES Solidário, por meio de uma articulação feita pelo programa Agenda Mulher, da Vice-Governadoria.

“Quero reforçar a parceria de sucesso do Instituto Rede Mulher Empreendedora com o Agenda Mulher. Em 2019, tivemos condições de levar dez mulheres para capacitação em São Paulo. Elas foram preparadas pelo IRME, se tornaram capacitadoras e isso possibilitou uma grande rede de compartilhamento de aprendizados em todo o Espírito Santo. Foram cursos com temas voltados para o negócio, liderança e comunicação que contribuíram para o fortalecimento e empoderamento das capixabas, que é o foco do Agenda Mulher”, disse a vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes.

ES Solidário

O programa ES Solidário atende às demandas por meio de solicitações feitas por municípios, coletivos, associações e igrejas com ações sociais, que direcionam as doações de donativos às pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza.

Os donativos são recebidos por meio de doações feitas por empresas e pela sociedade civil. Contribuições em dinheiro são usadas para a compra de alimentos e outros itens essenciais. Os repasses são feitos em parceria com o Corpo de Bombeiros, responsável pela logística de entrega.

Desde o início do programa, foram arrecadadas e distribuídas 12.459 cestas básicas, além de 5.191 kits de higiene e limpeza, 351 pacotes de fraldas geriátricas, 230 frascos de álcool em gel, mais de 70 mil máscaras, além de 6.305 itens avulsos. No total, até o momento, famílias de 46 cidades capixabas foram atendidas pelo ES Solidário.

 

Saiba mais informações sobre como doar em: https://coronavirus.es.gov.br/ESsolidario

 

Leia mais

Homem é morto após baile funk clandestino no Sul do Espírito Santo

Um homem foi morto após uma festa clandestina...

DIVERSÃO EM PAUTA: Diretor Clovis Mello lança “Divaldo – O Mensageiro da Paz”, segundo longa da carreira

A cinebiografia de Divaldo Franco chega aos cinemas nesta quinta-feira (12). O filme traz detalhes sobre a jornada do líder humanitário espírita de 92...

Governo repassa mais de R$ 157 milhões para a compra de EPIs

Para serem elegíveis a receber os equipamentos de proteção, estados, municípios e o Distrito Federal precisam ter em sua estrutura unidades do SUAS Foto:...

Repasse federal para assistência social já beneficia quase 5 mil municípios

Total de repasse chega a R$ 818,7 milhões. – Foto: Arquivo/Agência Brasil ...

Leia também

Ministério do Desenvolvimento Regional abre consulta para elaboração Carta Brasileira sobre Cidades Inteligentes

Até 7 de novembro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) abre uma consulta pública para a elaboração dos objetivos estratégicos e das recomendações que...

LRF proíbe gestor de assumir despesas sem caixa suficiente

Diante da crise causada pela pandemia da Covid-19, o Congresso Nacional se viu obrigado a criar um socorro a estados e municípios para minimizar...

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Quem utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS) com maior frequência avalia mais positivamente a qualidade dos serviços prestados na área de Atenção Primária...

Demora para escolher presidente da CMO atrasa votação de R$ 27,2 bilhões em créditos adicionais

A demora na Câmara dos Deputados para escolher o novo presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO) pode causar um certo impacto na economia...