ES: Rede pública de saúde vai usar testes rápidos para detectar Covid-19

 

Um novo tipo de teste rápido para diagnosticar a Covid-19 passará a ser utilizado pela rede de saúde pública do Espírito Santo. Trata-se do teste antígeno, que além de menor custo na comparação com os demais é também mais rápido, podendo gerar resultados em cerca de 30 minutos.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Espírito Santo (Sesa), o estado recebeu, nesta segunda-feira (22), cerca de 62,4 mil testes antígenos da Covid-19, que foram doados pela Organização Pan-Americana de Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

A previsão é que até início de março os kits sejam entregues aos pontos de atenção de urgência e emergência pré-hospitalar estaduais e à rede hospitalar própria e municípios.

Será a primeira vez que os testes serão utilizados na rede pública estadual. Por isso, os funcionários dos hospitais passarão por um treinamento para utilizá-lo, segundo Nésio.

Novos testes rápidos do ES também serão coletados com swab — Foto: Rubens do Monte/ Divulgação

Novos testes rápidos do ES também serão coletados com swab — Foto: Rubens do Monte/ Divulgação

O teste de antígeno para Covid-19 é um exame imunológico rápido, que avalia a proteína viral do SARS-CoV-2 no organismo, ou seja, o resultado diagnostica a infecção viral atual, a fase aguda da infecção.

O novo teste utiliza a metodologia da pesquisa de antígeno e, ao invés da amostra do sangue, é coletada a secreção da nasofaringe. Essa secreção é extraída com o swab (espécie de cotonete) e colocada em uma solução de soro, de forma que seja dissolvida a amostra.

Além dos testes que foram doados, o secretário de Saúde, Nésio Fernandes, afirmou em coletiva realizada na manhã da segunda-feira (22) que o governo estadual pretende comprar mais 250 mil desses testes para ampliar a estratégia de controle da Covid-19 no Espírito Santo.

Leia mais

Leia também