ES: professores e alunos projetam caminhão que anda sozinho

Caminhão é controlado por um robô mas, por enquanto, um membro da pesquisa permanece dentro do veículo por razões de segurança, para agir em caso de imprevistos.

Alunos e professores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) desenvolveram um sistema robótico que é capaz de controlar um caminhão e permitir que ele ande sozinho, sem auxílio de um motorista. O veículo utilizado na pesquisa é um caminhão-pipa.

O Automic Robotic Truck (ART) foi testado pela primeira vez no fim do mês de janeiro, quando percorreu 3,5 quilômetros sem que um motorista o conduzisse, dentro do campus de Goiabeiras, em Vitória. Apenas um membro da equipe permaneceu dentro do veículo, por razões de segurança, para que pudesse agir em caso de imprevistos.

Ufes desenvolve caminhão que anda sem auxílio de motorista

Ufes desenvolve caminhão que anda sem auxílio de motorista

“O sistema está em desenvolvimento para pesquisa. Neste momento, ele funciona com o máximo de segurança, e o motorista tem que ficar dentro para, em qualquer situação, ele assumir o carro, que reage muito rápido nesse modo de máxima segurança”, explicou o professor do Departamento de Informática e coordenador do projeto, Alberto Ferreira.

O sistema autônomo é similar ao que foi utilizado para desenvolver o carro autônomo Iara (Intelligent Autonomous Robotic Automobile), que acabou ficando conhecido por atropelar a apresentadora Ana Maria Braga.

Porém a tecnologia utilizada no ART foi atualizada. O professor explicou que o veículo é capaz de gerar um mapa do percurso e respeitar as normas de trânsito de forma automática.

“O veículo, sozinho, cria um mapa complexo para operar de forma autônoma, sem interferência humana. Ele é capaz de navegar, obedecer à sinalização e aos semáforos, desviar de obstáculos, como se imitasse o cérebro humano”, explicou o professor.

Como o sistema é capaz de respeitar as leis de trânsito, o professor garante que esse sistema é capaz de aumentar a segurança ao volante.

Caminhão é controlado por robô, sem auxílio de motorista.

Caminhão é controlado por robô, sem auxílio de motorista.

“Os sistemas de inteligência artificial, por exemplo, não perdem o foco ao volante e não olham o celular. Mais de 50 mil pessoas morrem de acidentes de trânsito no Brasil e 1,3 milhão no mundo, todos os anos. Veículos autônomos ajudariam a reduzir esses números”, pondera Ferreira.

O projeto para desenvolvimento de veículos autônomos começou em 2009 e é realizado pelo Laboratório de Computação de Alto Desempenho (LCAD), vinculado ao Departamento de Informática, no Centro Tecnológico da Ufes. O projeto do caminhão autônomo tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes) e da empresa Vale, que forneceu o automóvel.

 

Leia mais

Leia também