ES: pé de maconha com quase dois metros de altura é encontrado em casa

Delegado plantonista entendeu que proprietário não era traficante e que plantava para consumo próprio.

Pé de maconha de quase dois metros de altura foi encontrado em residência de Linhares, ES

Pé de maconha de quase dois metros de altura foi encontrado em residência de Linhares, ES

Um pé de maconha de quase dois metros de altura foi apreendido em uma casa do bairro Santa Cruz, em Linhares, no Norte do Espírito Santo.

A polícia encontrou a planta depois de uma denúncia anônima. Policiais foram até o local e, ao olhar por cima do muro da residência, localizaram o pé de maconha.

O dono da planta é um homem de 32 anos, que foi detido e encaminhado para a delegacia da cidade. O delegado Fabrício Lucindo esclareceu que plantar maconha em casa é crime.

“No interrogatório, o delegado de plantão entendeu que ele não estava traficando, ele estava plantando para usar. É um crime diferente de tráfico de entorpecente. Ele foi enquadrado no uso de entorpecente”, explicou o delegado.

Além da árvore, foram encontradas várias sementes de maconha na casa em que o pé estava. “Encontramos várias casas com gente cultivando maconha dentro do quintal ou em vaso de planta. É crime. Às vezes, a gente enquadra como tráfico de entorpecente se pretende vender a droga”, apontou Lucindo.

Além do pé de maconha, a polícia apreendeu várias drogas em patrulhamentos na região. Dois adolescentes, de 15 e 16 anos, foram apreendidos no bairro Aviso, também em Linhares, com 310 buchas de maconha.

Já em Sooretama, a polícia apreendeu um revólver, munição e 85 papelotes de cocaína. “Infelizmente, são adolescentes que estão se envolvendo no mundo do crime, principalmente nas áreas periféricas, onde o tráfico financia crimes como homicídios, roubos e outros crimes piores”, considerou Lucindo.

 

Leia mais

Leia também