ES: noivo é preso após mulher ser encontrada morta em piscina de sítio

O corpo de Euzineia Loyola, de 50 anos, tinha sinais de estrangulamento. Suspeito foi preso após dar entrada em um hospital.

Vendedora foi encontrada morta em piscina de sítio, em Anchieta — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Um homem foi preso, neste sábado (22), em Venda Nova do Imigrante, no Espírito Santo, suspeito de matar a noiva, a vendedora Euzineia Loyola, de 50 anos. O corpo dela foi encontrado com sinais de estrangulamento dentro de uma piscina, na terça-feira (18), no município de Anchieta. As informações são da jornalista Naiara Arpini, do G1 ES.

De acordo com o titular da delegacia de Polícia de Anchieta, delegado Luiz Carlos Pascoal, um mandado de prisão temporária havia sido pedido à Justiça. O nome do suspeito não foi informado pela polícia.

“O mandado de prisão temporária do suspeito foi expedido no final da tarde dessa sexta-feira (21), e por volta das 22h, policiais militares entraram em contato, informando que o procurado deu entrada no Hospital Padre Máximo, Venda Nova do Imigrante, depois de ter tentado suicídio. O mandado foi repassado à PM e ao delegado de Plantão de Venda Nova do Imigrante para demais providências”, informou o delegado.

Após receber alta médica, o suspeito foi encaminhado nesta manhã (22) para 11ª Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante.

“A autoria está confirmada, nós temos provas testemunhais e técnicas que apontam que ele é o autor. Em depoimento ao plantonista, o suspeito preferiu ficar em silêncio” acrescentou Pascoal.

O suspeito responderá pelo crime de feminicídio e será encaminhado para o Centro de Triagem de Viana, onde ficará à disposição da Justiça. O caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia de Anchieta, para demais diligências sobre o fato.

Caso

De acordo com familiares, o corpo de Euzineia tinha sinais de estrangulamento na piscina do sítio da família, onde ela havia passado o fim de semana com o companheiro e outros parentes.

A vítima morava com os pais, no bairro Kubitschek, em Guarapari, e parou de fazer contato na manhã de segunda-feira (17), quando saiu com o noivo com destino a Vitória.

Preocupados, os familiares procuraram o noivo dela, que, ao atender a ligação, disse que a vítima havia embarcado em um ônibus para o bairro onde morava, mas a mulher não chegou.

Familiares ligaram para um vizinho do sítio e pediram para ele ver se ela estava lá. O vizinho foi até o local e estranhou o comportamento dos cachorros, que latiam em direção à piscina, coberta com uma lona.

Ao retirar a proteção, ele encontrou o corpo de Euzineia. Não havia sinais de arrombamento na casa, segundo a família. O corpo da vítima foi sepultado na quarta-feira (19), em Guarapari.

Leia mais

Leia também