ES: morre mãe que abraçou filho de 3 anos para protegê-lo em incêndio

Compartilhe

Morreu na noite desta quinta-feira (22) Ariadne de Souza, a mulher de 40 anos que teve 40% do corpo queimado quando sua casa pegou fogo no bairro Nova Palestina, em Vitória, na manhã do dia 14 de julho. As informações são da TV Gazeta.

De acordo com vizinhos, Ariadne tentou proteger o filho, de três anos, durante o incêndio. O menino teve queimaduras na testa e na boca, além de inalar fumaça. Ele precisou ser levado para o Hospital Estadual Infantil de Vitória.

O Corpo de Bombeiros informou, na época, que uma outra mulher também ficou ferida no incêndio e teve 50% do corpo queimado.

A morte de Ariadne, que estava internada desde o dia do incêndio, foi confirmada pelo vizinho dela, Simão Siqueira, que é também padrinho do filho da vítima. Segundo ele, a vizinha inalou muita fumaça e chegou a ser intubada. Ela piorou na noite desta quinta e não resistiu aos ferimentos.

Simão, que ajudou no resgate de mãe e filho no dia do incêndio, disse que Ariadne abraçou o filho para protegê-lo.

“Eu quebrei a porta e a tirei de lá de dentro. Ela colocou o filho na frente o abraçou para proteger. De tanto que ele quase não foi afetado, só teve um ferimento de leve na testa e na orelha. Ela salvou o filho”, disse o vizinho.

Durante o tempo em que Ariadne esteve internada, o filho dela ficou aos cuidados de Simão e da família.

O colegiado do Conselho Tutelar de Maruípe informou que foi avisado pelo hospital sobre a morte da mãe e, por isso, retirou a criança da casa dos vizinhos por considerar que ela estava em situação irregular, já que não estava sendo cuidada por familiares ou por pessoas que tivessem autorização legal para isso.

O pai do menino, que mora em Minas Gerais, está a caminho de Vitória para buscá-lo.

Ainda segundo o colegiado, Ariadne teve outros 12 filhos além do menino de 13 anos.

Vídeos mostraram o momento em que as chamas ainda consumiam a casa e o incêndio era combatido pelo Corpo de Bombeiros. Vizinhos ficaram assustados com a intensidade do fogo.

Dentro do imóvel de um cômodo, eletrodomésticos e móveis ficaram destruídos. Só sobraram algumas peças de roupas que estavam estendidas no varal.

Segundo a garçonete Joelma de Oliveira Cardoso, moradora da região, o incêndio começou logo depois das 6h e os vizinhos acordaram com os gritos de socorro da moradora.

“Fui levar minha filha para a escola e quando retornei ela estava sentada na escada gritando de dor. Muitas queimaduras nos braços. O bebê parado e em estado de choque, parado, assustado. Muito triste”, contou.

Casa de moradora foi destruída por incêndio em Vitória

Casa de moradora foi destruída por incêndio em Vitória

Veja também

Morador deficiente é retirado por vizinhos após casa pegar fogo em Barra de São Francisco

Leia também

Soldado da Polícia Militar é preso suspeito de matar homem em distribuidora de bebidas no Espírito Santo

    Investigação, que levou à prisão do soldado da PM, foi feita pela DHPP da Serra, ES — Foto:...

Polícia Militar deflagra mais uma Operação no bairro Ipiranga, em Mantenópolis

De acordo com informações, Policias militares que atuam no município receberam informações de que indivíduos que participam do...

Carreira de desenvolvedor full stack é promissora no setor de tecnologia

Presença do profissional é cada vez mais fundamental em instituições, governos e empresas O desenvolvedor é um dos profissionais...

Confira a previsão de tempo para o fim de semana no Espírito Santo

    Tempo no ES A passagem de uma nova frente fria pelo Espírito Santo neste sábado (6) favorece o aumento...

Infraestrutura: para especialistas, expectativa de investimentos para a próxima década é expressiva

O Brasil deve receber cerca de R$ 2,9 trilhões de investimentos em infraestrutura, por meio de concessões e...

Torcida esgota ingressos para jogo entre Nova Venécia e Portuguesa (RJ)

  Apoio não vai faltar! A torcida do Nova Venécia esgotou, em pouco mais de 24 horas, toda a...

Seag e DER/ES liberam fornecimento de 6,6 mil m² de material para calçamento no córrego do Itá

O Governo do Estado, através do Departamento de Edificações e de Rodovias (DER-ES) e da Secretaria Estadual de...

Rapaz vítima de ataque a tiros em morro de Vitória morre dias após namorada

    Gabriel Batista de Oliveira Furtado de 22 anos morreu após ser baleado em ataque a tiros em morro...