ES: Ministério Público vai notificar prefeituras para que bloqueiem acesso às praias

O Ministério Público do Espírito Santo (MPES) vai notificar as prefeituras do litoral do estado para que viabilizem o bloqueio de acesso às praias.

O MPES está preparando uma notificação recomendatória, para que os prefeitos das cidades do litoral adotem medidas para impedir o acesso.

Procuradores e promotores dizem que, inclusive, em alguns casos, as prefeituras já foram até avisadas a respeito dessa medida.

Na quarentena que foi anunciada nesta terça-feira (16) pelo governador Renato Casagrande (PSB), as medidas restritivas contra a Covid-19 não incluem o fechamento do acesso às praias.

Casagrande deve se reunir ainda nesta quarta (17) com os prefeitos para trabalhar a possibilidade de fiscalização contra aglomerações nas praias.

A quarentena decretada pelo governo tem o objetivo de reduzir as atividades econômicas, sociais, de serviço e comércio não essenciais para que a transmissão do vírus seja controlada.

Aos domingos e feriados, serviços e atividades essenciais – exceto farmácias, postos de combustíveis e serviços de assistência à saúde e social – não podem fazer atendimento presencial.

Mesmo durante a pandemia, desde o início deste verão, banhistas se aglomeraram em vários pontos do litoral capixaba. As praias foram usadas até mesmo como cenário para festas ilegais.

Aglomeração na Praia do Morro, em Guarapari, em 9 de janeiro de 2021

Aglomeração na Praia do Morro, em Guarapari, em 9 de janeiro de 2021

 

Leia mais

Leia também