ES: mais da metade dos assassinatos em 2019 ainda não foram esclarecidos, mostra levantamento

Compartilhe

Menos da metade dos assassinatos praticados em 2019 no Espírito Santo foram esclarecidos, revelou um estudo publicado nesta terça-feira (2). Do total de mortes intencionais registrado no ano no estado, apenas 49% geraram denúncia à Justiça até final de 2020. Todos os demais, continuam sem resposta. A informação é de Viviann Barcelos, do g1 ES.

O levantamento é do Instituto Sou da Paz, que analisou dados de 18 estados brasileiros e do Distrito Federal. A metodologia considera esclarecido um assassinato que tenha resultado em ação penal até o fim do ano seguinte, ou seja, quando a investigação identificou um suspeito que foi levado à Justiça.

Apesar da falta de respostas em mais da metade dos assassinatos praticados em 2019, o Espírito Santo apresentou um aumento contínuo no esclarecimento destes crimes, estabilizando em 49% em 2018 e 2019, detalhou o instituto.

Comparado com os demais estados brasileiros, o Espírito Santo ficou na sexta posição no esclarecimento de assassinatos, atrás de Acre, Amapá, Bahia, Ceará e Distrito Federal.

Questionada sobre o resultado do estudo, a Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo respondeu que os casos que ainda não haviam sido respondidos seguiam em andamento nas Delegacias de Homicídio e Proteção à Pessoa todo o estado.

A secretaria disse que essas delegacias são estruturadas e recebem investimentos constantes do governo com objetivo de aumentar ainda mais a produtividade e justificou que, com o passar do tempo, os dados vão se alterando, aumentando a resolutividade.

O estudo, realizado desde 2017, foi feito a partir de dados disponibilizados pelos Ministério Público do Espírito Santo. Nesta edição, pela primeira vez, foram solicitados aos estados informações complementares a respeito do sexo, idade e raça e cor das vítimas.

Apesar do estado capixaba ter contribuído para o cálculo do indicador de esclarecimento dos assassinados, ele não enviou dados sobre o perfil das vítimas.

Para a diretora-executiva do Instituto Sou da Paz, Carolina Ricardo, o apagão de dados a respeito da raça e cor das vítimas é preocupante.

“A ausência desses dados evidencia que as instituições do sistema de Justiça responsáveis pelo processamento de um homicídio desconsideram a relevância dessas informações para o aprimoramento da sua atuação”.

O g1 procurou o Ministério Público do Espírito Santo para comentar o resultado do estudo, mas não havia obtido resposta até a última atualização desta reportagem.

Carro da polícia e populares em frente à local de assassinato em Vila Velha, na Grande Vitória
Carro da polícia e populares em frente à local de assassinato em Vila Velha, na Grande Vitória

 

Leia também

Campos dos Goytacazes poderá captar mais R$ 153 milhões para investir em saneamento básico

A cidade de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, foi autorizada a usar debêntures incentivadas para a...

Operação apreende mais de 2 mil cigarros eletrônicos na Grande Vitória, Espírito Santo

  Operação Vapor apreende mais de dois mil cigarros eletrônicos em municípios da Grande Vitória — Foto: Polícia Civil/Divulgação Mais...

Lote 6: fotos do show de Michel Teló no 1º Leilão Solidário de Barra de São Francisco

Aconteceu neste sábado, 6 de agosto de 2022, o 1º Leilão Soldiário de Barra de São Francisco. O...

Secretaria de Educação encerra 3ª Formação do Programa Alfabetização Aqui é pra Valer

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), na sexta-feira (05), realizou a...

Neste sábado tem música ao vivo com Heitor Walker na Feira Gastronômica de Barra de São Francisco

O jovem talento Heitor Walker, natural de Barra de São Francisco, estará se apresentando na Feira Gastronômica e...

Inscrição para guarda municipal encerra dia 15

O período de inscrição no concurso público para guarda civil municipal da Prefeitura de Barra de São Francisco...

Ludmilla, Fundo de Quintal e mais: veja a agenda cultural do Espírito Santo

    Confira a agenda cultural com shows e outros eventos marcados no Espírito Santo nos próximos dias. Ludmilla — Foto:...

Candidatos ao Senado pelo Espírito Santo em 2022: veja a lista

Nomes dos candidatos foram definidos durante as convenções partidárias, que se encerraram em 5 de agosto. Partidos tem...