ES: homem tem ataque de ciúmes, quebra móveis e deixa mulher em pânico

Um marido descontrolado, móveis quebrados e a casa toda revirada. Segundo a polícia, assim terminou a madrugada deste sábado (07) de uma vendedora de 30 anos. A mulher saiu para comemorar um aniversário e teve que presenciar o ataque de ciúmes do companheiro. O caso aconteceu em Itacibá, em Cariacica.

A vítima contou que estava com um grupo de amigas e o marido em um bar quando ele começou a acusá-la de estar se insinuando para outros homens que estavam no mesmo ambiente.

De acordo com as amigas, na confusão o marido da vítima partiu para cima da mulher com agressões. As amigas ligaram para a família da mulher e avisaram sobre o ocorrido.

Com medo, a vítima foi dormir na casa do pai, que fica ao lado da casa em que ela e o companheiro moram. Mais tarde, o marido chegou descontrolado, entrou na residência do casal e começou a quebrar as louças e os móveis.

O pai da vítima acionou a polícia. O homem escalou um muro e foi parar em cima de uma laje de onde ele ficou gritando e ameaçando a mulher, dizendo para ela mandar a polícia embora se não ele iria se jogar.

Depois de quase uma hora de negociação, os militares perceberam que o homem não iria descer e decidiram escalaram o muro e subir até a laje para prender o homem. O suspeito pulou no quintal da vizinha. Os policiais tentaram perseguir o homem, mas ele conseguiu fugir.

Os militares voltaram para casa da vítima para terminar de registrar a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram o homem dentro da casa com a porta trancada com a mulher lá dentro. Para prender o suspeito, eles tiveram que arrombar a porta.

A vítima contou que está casada com o homem há 14 anos. No ano passado, eles foram parar na delegacia após ele apertar o pescoço dela. Ela relatou que ficou com lesões, passou por exames de corpo delito e pediu uma medida protetiva contra o marido. Mas, segundo a mulher, a polícia não atendeu a solicitação e ela foi orientada e resolver a situação na base da conversa.

Os familiares da vítima disseram que toda vez que o suspeito ingere bebida alcoólica é uma confusão. O suspeito foi encaminhado ao Plantão Especializado da Mulher. Segundo a Polícia Civil, ele foi ouvido e liberado. A vítima não sofreu lesões e solicitou uma nova medida protetiva de urgência, que foi encaminhada à justiça.

*Com informações da repórter Jéssica Cardoso, da TV Vitória/Record TV

Leia mais

Leia também